CidadesDestaques

Vigilância em Saúde alinha ações para controle da Dengue em Campina Grande

Vigilância em Saúde Municipal se reuniu com Estado para alinhar plano de contingência.

A Secretaria de Saúde de Campina Grande se reuniu nesta terça-feira, 6, com a Vigilância em Saúde do Estado para alinhar um plano de contingência emergencial para controle dos casos de dengue e combate ao mosquito Aedes aegypti. A reunião técnica aconteceu no auditório do Conselho Municipal de Saúde.

A Vigilância em Saúde Municipal está alinhando a notificação dos casos nas unidades hospitalares para evitar que haja subnotificação e ampliando as ações de combate ao mosquito.

O Município registrou 706 casos suspeitos de Dengue no ano de 2023 e apenas 17 foram confirmados. Em janeiro de 2024 foram notificados 32 casos. “O nosso objetivo é qualificar a aplicação dos testes e ampliar a oferta em toda a rede”, disse o diretor de Vigilância em Saúde, Miguel Dantas.

A Vigilância Ambiental realizou o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) e registrou focos do mosquito em 4,4% dos imóveis vistoriados, o que indica alto risco de proliferação das doenças transmitidas pelo Aedes, como Dengue, Zika e Chikungunya. No período do verão, o ciclo reprodutivo do mosquito fica mais curto, o que demanda mais atenção da população.

A Prefeitura de Campina Grande está intensificando as ações em uma força-tarefa para combater o mosquito e evitar a proliferação das doenças. Além do trabalho dos Agentes de Combate às Endemias, a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) está promovendo o recolhimento e pneus e limpeza de terrenos baldios.

Codecom



Botão Voltar ao topo