DestaquesPolítica

Veneziano abre mão de vice para facilitar entendimento entre Bruno e Romero em Campina Grande

Senador do MDB diz que não fará imposição para facilitar a relação entre o prefeito e o deputado federal, que pode indicar a esposa para a vaga. 26/02/2024

O senador Veneziano Vital do Rêgo, presidente estadual do MDB na Paraíba, declarou nesta segunda-feira (26) que não tem interesse em ocupar a vaga de vice na chapa do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (União), que disputará a reeleição em outubro. Em entrevista à Band News João Pessoa, ele afirmou que quer ser um facilitador do entendimento entre Bruno e o deputado federal Romero Rodrigues (Podemos), que ainda não definiu se será candidato ou se manterá o apoio ao atual gestor municipal.

“Não fazemos qualquer tipo de imposição para não dizerem que não permanecem no grupo porque o prefeito fechou a vaga de vice para o MDB. Queremos ser facilitadores”, disse Veneziano, que também negou ser o responsável pelo distanciamento entre Bruno e Romero. “Qualquer fala que eu fizer será vista como imprecisa, até porque não participei da relação, só estou a partir dos últimos meses”, explicou.

Veneziano disse ainda que Romero pode indicar o vice de Bruno sem problema algum, e que essa indicação pode ser a sua esposa, Micheline Rodrigues, que já foi vice-prefeita de Campina Grande na gestão anterior. “Pode indicar sem problema, não tem problema algum. Não é condicionante, se vier a ocorrer, se dará naturalmente”, afirmou.

A relação entre Bruno e Romero, que são do mesmo grupo político, vem sofrendo desgastes nos últimos meses, com trocas de críticas e acusações. Nos bastidores, há quem diga que Romero estaria insatisfeito com a condução da administração municipal por parte de Bruno, que foi seu sucessor. Por outro lado, Bruno teria se sentido traído por Romero, que teria articulado uma candidatura própria pelo Podemos, sem comunicar ao prefeito.

( wscom)

Botão Voltar ao topo