Técnica de enfermagem é a 1ª profissional da saúde a ser vacinada em Lagoa Seca

Com covid-19, prefeito Fábio Ramalho, não pôde participar do momento histórico, e foi representado pela secretária de saúde Cristiane. Numa live, na terça-feira, o gestor comemorou a chegada das primeiras vacinas a Lagoa Seca.

 

 

A técnica de enfermagem Joelma Tito Alves de Melo, de 36 anos, foi a primeira profissional da saúde de Lagoa Seca a receber a vacina contra o coronavírus. A dose foi aplicada pela coordenadora de imunização do município, a enfermeira Danielle Medeiros, nesta quarta-feira (20), no Hospital Geral Municipal Ana Maria Coutinho Ramalho, onde ela trabalha.

Joelma Tito exerce a função há 15 anos e trabalha no hospital de Lagoa Seca desde 2015. Ela atua na área de urgência e não teve contato com a Covid-19, como mostram os resultados dos quatro testes que a profissional já fez para detectar a doença. Servidora efetiva no município de São Sebastião de Lagoa de Roça, Joelma presta serviços na Unidade de Saúde Antônio Pedro dos Santos, instalada no sítio Geraldo.

“Vida nova. Sinto um alívio muito grande agora, especialmente por causa da minha mãe, de idade avançada”, disse Joelma.

A técnica de enfermagem mora no distrito de São Pedro (Campinote), zona rural de Lagoa Seca. A mulher contou que é casada, tem dois filhos e mora com sua mãe, de 83 anos, um dos motivos dos cuidados com o vírus ser maior.

Lagoa Seca recebeu ontem 222 doses da CoronaVac, primeiro lote da vacina contra a Covid-19. A secretária municipal de Saúde, Cristiane Cavalcanti, e a coordenadora de imunização, Danielle Medeiros, foram buscar a vacina na 3ª Gerência de Saúde do Estado, em Campina Grande.

A CoronaVac é o antídoto desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac. No Brasil, ele está sendo produzido pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial do imunizante foi aprovado pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo (17).

Outros vacinados

Minutos depois de Joelma ser vacinada, foi a vez do segundo profissional de saúde do hospital municipal, o técnico de enfermagem Josivaldo Ferreira de Lima, 35 anos, que atua no município desde 2005.

Em seguida, foi o momento da também técnica de enfermagem Ednalva do Nascimento Moura, 36 anos, arregaçar as mangas e ser imunizada. Atualmente, ela coordena a equipe de enfermagem do hospital de Lagoa Seca.

Diagnosticado com o novo coronavírus e cumprindo o isolamento social em casa, o prefeito Fábio Ramalho não pôde comparecer ao ato tão aguardado desta quarta-feira. No entanto, em uma live transmitida ontem à noite pelas redes sociais da prefeitura, Fábio comemorou a chegada do imunizante, mas reiterou o compromisso da população acerca dos cuidados sanitários por causa da pandemia.

“Nós temos feito a nossa parte […] Além de chegar a própria vacina, compramos mais 900 exames detectores da covid. Isso é um quantidade muito alta. Quem vai a uma farmácia sabe quanto é que custa. E nós estamos testando constantemente os casos que aparecem”. E continuou “Volto a dizer que se a população não fizer sua parte, a pandemia estará longe do fim”.

No início da tarde, será a vez de imunizar os idosos residentes no Lar da Sagrada Face. Outro público ligado aos grupos prioritários preconizados neste momento inicial de vacinação, conforme estabeleceu a Secretaria Estadual de Saúde.

(Secretaria de Comunicação Institucional)

Load More Related Articles
.