DestaquesNotícias

Secretaria da Agricultura entrega a partir do dia 19 os boletos dos contemplados com o Garantia Safra em Campina Grande

Secretaria de Agricultura (Seagri) da Prefeitura municipal de Campina Grande entregará os boletos do Programa Garantia Safra 2023/2024 entre os dias 19 e 23 deste mês de fevereiro. A entrega acontecerá no auditório da Vila do Artesão, localizada na rua Almeida Barreto, bairro São José, próxima da antiga São Braz, no horário das 08h às 12h.

A informação foi dada pelo secretário Renato Gadelha, da Agricultura, ao lembrar que após o pagamento do boleto, no valor de R$ 24,00, cada agricultor contemplado terá direito a a receber R$1.200,00 mil, cujo valor será pago de forma integral e em parcela única.

Após a liberação do relatório do Ministério, o secretário Renato Gadelha apresentou os números ao prefeito Bruno Cunha Lima, que destacou a importância deste seguro. “Este valor servirá para que os agricultores possam se preparar para continuar investindo na agricultura familiar, além de minorar os prejuízos ocasionados pela quebra da safra em 2023”, disse chefe do Executivo municipal.

Ao tomar conhecimento da liberação da lista dos candidatos aptos pelo Governo Federal, o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável de Campina Grande (CMDRS), professor Ruben Alves da Silva, convocou em caráter extraordinário todos os membros do conselho para a realização da assembleia de homologação dos beneficiários. No decorrer da assembleia, que ocorreu no Sindicato Rural dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Compartimento da Borborema, além dos membros do conselho, compareceram para votação o secretário Renato Gadelha e o seu adjunto Joseildo Alves, o “Galego do Leite”.

Segundo a responsável da Secretaria de Agricultura de Campina Grande pelo Programa Garantia Safra, Avani Oliveira, foram cadastrados e enviados para o Ministério do Desenvolvimento Agrário os nomes de 996 agricultores. “Após a análise do Ministério, embasados nos critérios que garantem o pagamento do Garantia Safra, foram aprovados 955 agricultores que se enquadraram nas avaliações, contra 41 agricultores que tiveram seus cadastros recusados em Brasília, mas, mesmo diante da recusa do MDA, os agricultores excluídos podem recorrer a Brasília”, esclareceu a servidora da Seagri.

O secretário Renato Gadelha esclareceu, também, que o Programa Garantia Safra do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) é um benefício social pago aos pequenos produtores rurais com baixa renda de municípios sistematicamente sujeitos a perdas no campo decorrentes de fenômenos naturais, como secas severas ou excesso hídrico, e o valor pago aos agricultores contemplados, é oriundo da contrapartida do Governo Federal, Estados e Município.

Codecom



Botão Voltar ao topo