DestaquesNotícias

Sargento Neto requer moção de repúdio a declarações de Lula sobre Israel

O deputado estadual Sargento Neto, do PL, apresentou requerimento na Assembleia Legislativa da Paraíba nesta segunda-feira, 19, propondo moção de repúdio contra as declarações do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no último final de semana, contra Israel que causaram vergonha para o Brasil em todo o mundo.

A declaração de Lula foi no último compromisso na Etiópia antes de embarcar para o Brasil de volta da viagem de cinco dias ao continente africano. Em uma entrevista coletiva, Lula foi questionado sobre o envio de ajuda financeira à Agência das Nações Unidas para refugiados Palestinos.

Em resposta, o presidente disse que Israel comete genocídio contra os palestinos e comparou a defesa da nação contra os terroristas ao Holocausto que vitimou os judeus.

Para Sargento Neto, a fala do presidente da República exige a condenação de toda a opinião pública. “Que o presidente Lula é um fiel simpatizante dos inimigos de Israel (estados ditatoriais opressores) é algo já demonstrado quando da acolhida com honras e pompas do ditador iraniano Mahmoud Ahmadinejad”, justifica.

“Expressamos o mais veemente repúdio à declaração de Lula contra Israel, expressando indignação com o gesto do presidente que causou abalo na política internacional ao comparar a atual guerra na Palestina com o Holocausto; solidarizando-nos com o povo e o governo de Israel, reafirmando o seu apoio à existência de Israel como um Estado soberano, seguro e democrático, e à busca de uma solução pacífica de conflito israelo-palestino”, justifica Neto.



Botão Voltar ao topo