Propaganda gratuíta: Bruno terá maior guia de Rádio e TV; Inácio e Ana ficam com tempo parecido

 

Uma reunião realizada hoje na Justiça Eleitoral, em Campina Grande, definiu a logística e o tempo no guia eleitoral das seis chapas que disputam as eleições municipais deste ano.

A propaganda no Rádio e na TV vai ter início na próxima sexta-feira, dia 09. Em um ano de eleições atípicas, onde o contato e as aparições físicas dos candidatos estão limitados pela pandemia, o espaço deverá ter uma importância ainda maior para a disputa.

A coligação encabeçada pelo ex-deputado Bruno Cunha Lima (PSD) terá 03’04 na propaganda eleitoral gratuita de Rádio e TV. Logo em seguida, em termos de lapso temporal, aparecem a coligação da ex-secretária Ana Cláudia Vital (Podemos), com 02’13; e a coligação de Inácio Falcão, do PC do B, com 02’05.

O empresário e candidato a prefeito pelo PSL, Artur Bolinha, terá 01’16 de guia eleitoral. Já a coligação do advogado Olímpio Rocha (PSOL) ficou com 00’59. O consultor empresarial Edmar Oliveira, do Patriotas, terá 0’20 em seu guia eleitoral.

O tempo do guia eleitoral de Rádio e TV é calculado com base na representação, no Congresso Nacional, dos partidos que compõem as coligações dos candidatos.

G1

 

Foto: reprodução

 

Load More Related Articles
.