CidadesDestaques

Prefeitura de Montadas paga piso da enfermagem e programa Previne Brasil aos funcionários da Saúde

O prefeito de Montadas, Jonas de Souza ( FOTO),  anunciou o pagamento do piso salarial para profissionais da Enfermagem que ocorreu na  sexta-feira, 08. O anúncio foi feito junto com o Secretário de Saúde, Joseilton Paulo de Souza durante audiência pela manhã do mesmo ,  na própria secretaria. Na ocasião o gestor afirmou que defende sempre a valorização e o trabalho dos profissionais da saúde.

“Quando o piso nacional foi aprovado apontamos que éramos a favor, mas que precisávamos encontrar fontes de financiamento. Na Frente Nacional dos Prefeitos, trabalhamos junto ao Congresso Nacional e ao Governo Federal para que possamos pagar, mesmo sem os recursos suficientes, diante de uma crise financeira nunca vista pelos municipios, é do nosso interesse sempre valorizar e fazer o pagamento aos servidores respeitando-os”, Afirmou Jonas.

Projeto foi enviado a Câmara, apreciado e votado pelos vereadores, em sessão presidida pelo vereador Fágner Júnior, em caráter de urgência.

O gestor reforçou também que foi pago a todos os servidores da saúde o importante projeto PREVINE BRASIL, (O Programa Previne Brasil foi instituído pelo Ministério da Saúde do Brasil, em 2019, durante o governo Jair Bolsonaro, determinando alterações no financiamento de custeio da atenção primária à saúde no país, dentre outras coisas). O objetivo do programa é aumentar o acesso das pessoas aos serviços da Atenção Primária e o vínculo entre a população e a equipe de saúde, com base em mecanismos que induzem à responsabilização dos gestores e dos profissionais pelas pessoas que assistem.

“Nosso trabalho é de fortalecer os programas na Saúde e isso é necessário para que tenhamos justiça salarial e, assim, possamos fazer uma saúde pública com respeito, eficiência e humanização. Os profissionais reconhecidos e valorizados vão utilizar isso em favor de uma saúde melhor para a população montadense”, defendeu o prefeito

( Ascom0



Botão Voltar ao topo