DestaquesNotícias

Prefeitura de Campina Grande avança com a obra que levará água ao Sítio Santo Isidro e adjacências

A obra que vem sendo tocada em parceria pela Prefeitura de Campina Grande e a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) para levar água encanada ao Sítio Santo Isidro, na região do Distrito de São José da Mata, caminha para sua reta final e a previsão dos órgãos responsáveis pela construção é a de que ainda neste mês de junho ela seja entregue àquela população.

A informação é do secretário municipal da Agricultura (Seagri), Renato Gadelha, que acompanha de perto o andamento da construção, ao lembrar que esse sistema de abastecimento de água também alcançará as comunidades de Samambaia e Cuités, beneficiando 2.500 famílias.

Sete dos 7,5 quilômetros de extensão da obra já estão com o sistema de canalização devidamente instalados, o que significa dizer que dentro de no máximo duas semanas o restante do trecho passará por escavações para receber os últimos 500 metros de tubulação, cujos canos utilizados variam de 60 a 250 milímetros de diâmetros.

A água que será levada à comunidades de Santo Isidro, Samambaia e Cuités vai ser captada partir de um ponto nas imediações do Hospital da FAP, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande.

“A parte da construção civil, digamos assim, já está praticamente concluída. Estamos esperando apenas a implantação dos chamados “boosters, em número de dois, que servirão para levar a água aos pontos mais altos do Sítio Santo Isidro, para chegarmos ao final da obra”, explicou o titular da Agricultura municipal.

Renato Gadelha acrescentou, por outro lado, que um projeto objetivando a eletrificação das áreas onde serão implantados os “boosters” já está sendo apresentado à direção local da Energisa, vez que o funcionamento das duas estações de elevação da água depende de energia elétrica.

Ao avaliar a importância da parceria entre a Prefeitura de Campina Grande, por intermédio da Seagri, e a Cagepa, Renato Gadelha destacou o espírito colaborativo do gerente regional daquela Companhia, Lucílio José dos Santos Vieira. “Ao receber a proposta de trabalho cooperado, o gerente não mediu esforços para que a obra fosse materializada, inclusive, em tempo recorde, em que pesem as adversidades topográficas que encontramos pelo percurso”, avaliou o secretário.

Por fim, Renato Gadelha fez questão de frisar que a meta da Prefeitura é a de levar água farta e de qualidade em todos os pontos do município, onde se fizer necessário. “Esta é uma recomendação do próprio prefeito Bruno Cunha Lima, que está sempre a vislumbrar melhores dias para as comunidades rurais de Campina Grande, a exemplo do Sítio Santo Isidro, área que ele conhece desde a infância”, concluiu o secretário.

Codecom

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo