Prefeito de Ingá não resiste a covid-19. Romero Rodrigues lamenta grande perda

 

 

 

 

O Prefeito da cidade de Ingá, Manoel Batista Filho ( Manuel da Lenha),   64 anos,  morreu no início da manhã de hoje (16) vítima da Covid-19, a informação foi confirmada na página oficial da prefeitura.

No último dia 05 de julho a Prefeitura da cidade emitiu uma nota confirmando o teste positivo do prefeito. Manoel da Lenha apresentava comorbidades, por isso os médicos decidiram pela internação.

Ele estava internado na Clínica Santa Clara desde o dia 28 de junho em Campina Grande, e o seu quadro se agravou no dia 05 de julho, quando deu entrada na UTI.

O detalhe maior é que foi feita uma reviravolta na prefeitura da cidade, quando o vice prefeito Robério Burity (PDT) tomou posse na noite desta quarta-feira, a posse inclusive foi antes do prazo estabelecido.

 

Romero lamenta a morte do prefeito Manoel da Lenha, de Ingá

O prefeito Romero Rodrigues lamentou profundamente, na manhã desta quinta-feira, 16, a morte do prefeito de Ingá, Manoel Batista Filho (PSD), carinhosamente conhecido como “Manoel da Lenha”, em hospital privado de Campina Grande.

Manoel da Lenha já estava internado na Clínica Santa Clara há praticamente duas semanas, após ser diagnosticado com Covid-19. O prefeito tinha 64 anos e apresentava comorbidades.

Encontro recente

Na condição também de presidente estadual do PSD, Romero Rodrigues encaminhou voto de pesar à família e ao Município de Ingá pelo falecimento precoce de Manoel da Lenha. Romero tinha se reunido, inclusive, com o prefeito e o filho, Pierre Jam de Oliveira Chaves, há algumas semanas, para tratar de pautas político-partidária e administrativa.

“Manoel foi um homem público de qualidades excepcionais e deixa um vazio enorme na vida pública, em sua terra natal, Ingá, e nos quadros do PSD paraibano”, registrou Romero.

Load More Related Articles
.