Prefeita condenada na Calvário quer que população pague sua banca de advogados

 

A prefeita do Conde, Márcia Lucena, do PSB, resolveu buscar inspiração no ‘lulopetismo’ e abriu, nesta terça-feira (3), uma vaquinha online, no site Cartase, com o objetivo de arrecadar R$ 300 mil para pagar a sua defesa na Operação Calvário. Como se sabe, esse tipo de iniciativa já foi adotada pelo petismo em prol do ex-presidente Lula.

Ela é acusada pelo Ministério Público de integrar uma organização criminosa chefiada pelo ex-governador Ricardo Coutinho especializada em desviar recursos da Saúde e Educação. Presos na sétima fase da Operação Calvário, ambos foram soltos por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Por decisão da justiça estadual, os socialistas e outros implicados na Calvário estão fazendo uso de tornozeleira eletrônica.

Em um vídeo, Márcia Lucena fala sobre o seu trabalho a frente da prefeitura do Conde e o enfrentamento, segundo ela, da velha política dos coronéis. “Eles estão me envolvendo em ações criminais, calúnias, difamações, porque eles temem a continuidade e a consolidação desse projeto mude de fato o cenário local, inclusive, possa me levar a reeleição”, diz a prefeita, que acrescenta: “sei da minha inocência, eu confio na justiça, mas para fazer minha defesa eu preciso de ajuda. Eu vivo do meu salário como prefeita e o patrimônio que eu tenho é a casa que eu moro, herança dos meus pais, e o apartamento que os meus filhos vivem”.

Fonte: Portal Simone Duarte

Load More Related Articles
.