CidadesDestaques

Postos de Campina Grande aumentam preços e Procon fiscalizará se reajuste está dentro da legalidade visando coibir qualquer abuso

Órgão fará uma nova pesquisa para comparar se o reajuste está correto. A fiscalização já está em ação.

Um dia após a realização da pesquisa de preços por parte do Procon-CG, os postos da cidade reajustaram os produtos. Ciente desta situação, o órgão vai averiguar se o reajuste está dentro da legalidade, pois a meta é evitar que o consumidor seja submetido a qualquer tipo de abuso.

A variação de preço dos combustíveis, nos postos de abastecimento em Campina Grande, chegou a 14,35% neste mês de julho, segundo a pesquisa de preços publicada pelo Procon Municipal no site do órgão.

No estudo, por exemplo, o litro da gasolina comum ainda poderia ser encontrado ao menor preço de R$ 5,63; do etanol a R$ 4,18 e do diesel comum a R$ 5,53 dependendo do estabelecimento escolhido pelo consumidor para abastecer o veículo.

De acordo com a última pesquisa de combustíveis de julho/2024 do Procon-CG, os dados foram coletados nessa segunda-feira, 08, em 64 postos de combustíveis do Município. Nela constavam os preços que estão sendo cobrados para a gasolina comum, gasolina aditivada, etanol, diesel comum, diesel S-10 e o Gás Natural Veicular (GNV) no mês atual.

Botão Voltar ao topo