PARQUE DA LIBERDADE: Prefeitura de Campina Grande inaugura a Estação Cidadania – Esporte

Construído em parceria com o governo federal, equipamento é destinado à prática de modalidades olímpicas e paraolímpicas

 

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) entregou, na tarde desta segunda-feira, 5, a Estação Cidadania – Esporte, espaço que visa a estimular a prática esportiva, especialmente de esportes olímpicos e paraolímpicos. Orçada em R$ 4 milhões e executada em parceria com o Governo Federal, a obra é mais uma etapa do Complexo Esportivo do Parque da Liberdade.

Sem a presença do prefeito Romero Rodrigues, que está em Fortaleza, para reunião de negócios com a direção do Banco do Nordeste, a inauguração seguiu os protocolos sanitários em vigor, por causa da pandemia do novo Coronavírus e contou com uma apresentação de atletas da Seleção Paraibana de Ginática Rítmica.

O titular da Sejel, Raymundo Asfora Neto, destacou a importância da Estação Cidadania – Esporte para a cidade, sobretudo no que diz respeito ao incentivo à prática de esportes e à inclusão. “Inauguramos, hoje, um espaço que será fundamental para o exercício da cidadania e para revelar novos talentos das comunidades. Estamos abrindo portas para a juventude, para quem sonha em ser um atleta olímpico”, disse.

Representando o Ministério da Cidadania e a Secretaria Especial de Esportes, Sandro Valverde, destacou a importância da obra para o município e enfatizou que o Ministério está de portas abertas para garantir mais recursos a serem destinados a obras que incentivem a prática esportiva.

 

Também participaram da solenidade, a técnica da Seleção Paraibana de Ginástica Rítimica, Lenize Sousa; e os secretários Flilipe Reul, da Saúde; e Fernanda Ribeiro, de Obras.

Estrutura

A Estação Cidadania – Esporte é composta de ginásio esportivo com copa, área de apoio, vestiários, chuveiros, mais a estrutura (pista) para atletismo, na parte externa. O equipamento está apto para sediar aulas em modalidades olímpicas e paraolímpicas, tais como vôlei, handebol, futsal, ginástica artística e rítmica, vôlei sentado (para pessoas com deficiência física ou relacionada à locomoção), além de atletismo e basquete em cadeira de rodas.

 

(Codecom- fotos Leonardo Silva)

Load More Related Articles
.