Paraíba recebe mais 75 mil doses de vacinas contra Covid-19 nesta sexta-feira (16)

A Paraíba deve receber nesta sexta-feira (16) mais 75 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Em entrevista à TV Cabo Branco na manhã desta quarta-feira (14), o secretário de saúde do estado, Geraldo Medeiros, disse que as novas doses serão da Astrazeneca. Já entre a segunda (19) e a terça-feira (20), devem chegar mais 47 mil doses, sendo 35 mil da Coronavac e cerca de 12 mil da Pfizer.

De acordo com o secretário, considerando o cronograma do Ministério da Saúde, neste mês de julho houve uma redução na quantidade de doses recebidas pelo Estado. “Havia uma previsão do Ministério da Saúde deste mês de julho nós recebermos uma proporção de 1.9% de 60 milhões de doses, isso representaria para a Paraíba aproximadamente 1.100.000 doses. Nós vamos receber 800 mil doses, então houve uma diminuição na previsão”, explicou.

Conforme Geraldo Medeiros, em agosto a previsão é de que o Brasil receba 60 milhões de novas doses contra a Covid-19. “Nós esperamos que, a partir de agora, tenhamos uma regularidade nesse sentido pra que não haja essa ação de vacinação intercalada”, disse.

Ainda segundo o secretário, há uma previsão da vacinação contra Covid-19 contemplar adolescentes e jovens, de 14 a 18 anos, com comorbidades, o mais breve possível. “Essa é uma população específica, que tem o risco maior de agravar o quadro da Covid-19 e necessitar internamento hospitalar, então é uma população mais fragilizada e que há uma previsão da vacinação contemplar esse grupo brevemente”, afirmou.

Sobre a aplicação da segunda dose da Astrazeneca no estado, Geraldo Medeiros explicou que a recomendação do Ministério da Saúde e de outros órgãos da saúde é de não antecipar essa aplicação.

“Nós já temos manifestação da Sociedade Brasileira de Imunização, da Sociedade Brasileira de Pediatria, da própria Fiocruz, do ministro da saúde, no sentido de nós não anteciparmos, porque isso não gera benefício do ponto de vista protetivo para a população, seria mais adequado essas vacinas que estão guardadas para a segunda dose serem aplicadas como a D1 justamente para quando a variante Delta chegar à Paraíba nós teremos uma população maior de paraibanos e paraibanas protegidos”, salientou o secretário.

Da Redação

Por G1-PB

Load More Related Articles
.