DestaquesParaíba

Novo Hospital de Clínicas de Campina garantirá atendimento pediátrico e obstétrico para o município e região

Governador autorizou o início da obra, que terá mais de 113 milhões em investimentos, fora R$ 58 milhões de equipamentos que serão necessárioss para o pleno funcionamento

O governador João Azevêdo assinou, na tarde desta quinta-feira (1°), a ordem de serviço para a construção do novo Hospital de Clínicas de Campina Grande. O novo HCCG, cujos investimentos serão superiores a R$ 170 milhões (em obras e equipamentos), oferecerá à população da Rainha da Borborema e região atenção à saúde de forma ampliada e integrada, proporcionando atendimento desde a alta e média complexidade à urgência e emergência, além de uma maternidade com unidade diagnóstica e ambulatorial.

Na ocasião, foi assinada uma ordem de serviço para a construção de oito casas, que serão destinadas às famílias que viviam no terreno – em condições precárias – onde será construído o novo Hospital de Clínicas. As unidades habitacionais serão dotadas de toda a infraestrutura, como abastecimento d’água e rede de esgoto, com os investimentos da ordem de R$ 790 mil.

Durante a solenidade da assinatura da ordem de serviço das novas instalações do HCCG, o governador João Azevêdo destacou que o equipamento vem suprir uma grande lacuna no atendimento pediátrico e obstétrico na Rainha da Borborema. “Esta obra é mais do que esperada; é uma obra redentora para a saúde de Campina Grande. Eu tenho enfatizado a importância que tem o Hospital de Trauma para Campina Grande. E, mais uma vez, o Governo do Estado traz um equipamento que não vai servir apenas à população de Campina Grande, mas a toda a região. É uma obra que terá mais de 113 milhões em investimentos, fora R$ 58 milhões de equipamentos que serão necessários para o pleno funcionamento do hospital”, afirmou, ressaltando que os recursos são oriundos do Governo do Estado.

“Essa obra é a realização de um sonho para todo o time de Governo, principalmente para a Secretaria de Saúde, que lutou muito por essa obra, prestando todas as informações. Além de Hospital de Clínicas, esse equipamento será também maternidade para alta complexidade, sendo referência para toda a região, que enfrenta muitas dificuldades para atendimento nesta área”, enfatizou o chefe do Executivo estadual.

O secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra, também ressaltou a importância que terá o novo hospital nas áreas de pediatria e obstetrícia. “As gestantes que hoje precisam de atendimento de alto risco têm de recorrer a João Pessoa. E esse hospital vem justamente para atender a estes dois vazios assistenciais: a pediatria e a obstetrícia. Teremos, em breve, a grande alegria de entregar a Campina Grande e região um hospital com mais de 300 leitos, dos quais 100 serão destinados à UTI”, comentou.

O vice-governador Lucas Ribeiro, por sua vez, disse que a nova unidade de saúde  representa o compromisso do Governo do Estado com a Rainha da Borborema. “Esse hospital representa o compromisso desse Governo com o cidadão campinense e com o cidadão paraibano, compromisso e respeito”, disse, elogiando ainda a assistência prestada às famílias contempladas com as casas populares.

O deputado estadual Inácio Falcão também comemorou: “Hoje é um dia muito feliz e positivo para a nossa cidade. Receber um instrumento da mão de um governo e de um governador que olham por Campina Grande é um momento de muita alegria”, disse.

A solenidade foi prestigiada, ainda, pelo vice-prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra; pelo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, assim como pelos deputados Chico Mendes, Leonice Falcão, João Gonçalves, Chió, Alexandre de Zezé e Sílvia Benjamin; pela diretora-superintendente da Suplan, Simone Guimarães; e pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Deusdete Queiroga, entre outros.

Prefeitos da região e vereadores da Câmara Municipal de Campina Grande, a exemplo de Eva Gouveia, Valéria Aragão, Rostand Paraíba, Renan Maracajá, Pimentel Filho, Bruno Faustino, entre outros, também prestigiaram a solenidade.

Atendimento humanizado

Concebida de forma integrada e ampliada na atenção à saúde, o novo Hospital de Clínicas de Campina Grande terá toda uma estrutura voltada para um atendimento humanizado, garantindo acesso e acolhimento a todos os pacientes e novas práticas de assistência à mulher durante todo o período gestacional, puerperal e à criança até os dois anos de idade — tudo em conformidade com o que está instituído na Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher.

Para isso, as novas instalações do HCCG serão contempladas com Urgência e Emergência, Ambulatório, Banco de Leite Humano, Centro de Imagem, Centro de Parto Normal, Centro Cirúrgico obstétrico, ambulatorial e geral, Unidade de Terapia Intensiva (adulto e neonatal), Unidade de Cuidado Intermediário (adulto, convencional e canguru).

Ao todo, serão 304 vagas entre leitos e macas para atendimento obstétrico e complementares. Entre os destaques estão as vagas para urgência e emergência (40) e enfermaria adulto (80), além das vagas do alojamento conjunto materno-infantil e mulher (30).

( paraiba.pb.gov.br)



Botão Voltar ao topo