DestaquesNotícias

Na Semana Mundial da Alimentação, PMCG avança na produção de pães que são distribuídos nas unidades da Semas

A Prefeitura de Campina Grande, através do Centro de Referência de Inclusão Produtiva (CRIP), vem avançando na distribuição diária de pães para cerca de 20 serviços ligados à Secretaria de Assistência Social (Semas), como os Centros de Referência em Assistência Social (Cras), Centro Pop e outras unidades. O serviço, que atua na produção de 20 mil pães (mensal), vem atendendo os usuários das unidades e dessa forma tem garantido a política pública de segurança alimentar e nutricional para boa parte da população.

A produção do local funciona de segunda à sexta-feira, além de feriados e finais de semana, de acordo com a necessidade dos serviços atendidos. No total, 11 funcionários atuam na sede do CRIP, que funciona na rua Palestina, s/n, Santa Rosa, com vigias, padeiro, auxiliares de panificação e a administração. A produção de pães varia de 900 a 1.200 pães (semanal), considerando, em alguns casos, a realização de ações maiores, à exemplo do ‘Semas na Rua”, que já foi realizado pela Semas, em vários bairros da Cidade.

De acordo com o padeiro Jamilson Calixto, para garantir a produção em grande quantidade, o local conta com forno turbo elétrico, batedeira, modeladora, máquina de corte, além de 4 armários para armazenar o pão e uma freezer. “Nós temos hoje importantes equipamentos que contribuem sobremaneira com a nossa produção diária. Inclusive, melhoramos a qualidade do pão, a partir do incremento na qualidade e na melhor dosagem dos ingredientes que utilizamos, como fermento, açúcar e reforçadores (um tipo de aditivo utilizado no preparo de pães)”, disse o padeiro.

Conforme Priscila Soares, coordenadora do CRIP, além de melhorar a qualidade dos pães, o serviço analisa a possibilidade em breve de ampliar a distribuição. “Nesta Semana da Alimentação, nós reforçamos a importância desse trabalho, porque sabemos o quanto precisamos de uma alimentação adequada, que sacie a todos. Por isso, a Prefeitura, através da Semas, estuda aumentar essa produção para poder contemplar cada vez mais pessoas,” disse a coordenadora.

Segundo a secretária da Semas, Pâmela Vital, fabricar cerca de 20 mil pães mensalmente é positivo para o município, principalmente pelo zelo da equipe em realizar com excelência o trabalho. “É com muita alegria que temos trabalhado para melhorar cada vez mais o serviço do CRIP, porque falar de assistência social também é falar de segurança alimentar. Já conseguimos avançar bastante na produção, mas não paramos de estudar formas para beneficiar a população, especialmente em termo de alimentos saudáveis e com qualidade”, concluiu a secretária.

( Codecom)



Botão Voltar ao topo