Política

Na posse do suplente, Carol Gomes destaca sua trajetória na saúde pública e força da mulher na política*

Carol Gomes, atualmente vereadora licenciada de Campina Grande, participou na sexta-feira (04.03), da cerimônia de posse do seu suplente na Casa de Félix Araújo, Balduino Neto (Pros).

Em seu discurso na tribuna, Carol destacou sua trajetória enquanto profissional de saúde e os caminhos que a levaram até o legislativo. “Eu sempre digo que o que me trouxe para a política partidária foi o que eu puder viver através da saúde pública. Nunca medi esforços em, por meio da minha profissão, por meio da fisioterapia, levar assistência para quem mais precisa. Eu aprendi a cuidar de gente, a ser política, a ser resolutiva em benefício das pessoas. A saúde pública ensina o ser humano a cuidar do outro ser humano”, falou.

Carol também fez questão de ressaltar o contentamento de fazer parte deste momento histórico da política de Campina Grande onde sete mulheres foram eleitas no mesmo pleito.

“A mulher tem uma forma própria de fazer política que a permite lidar com as situações de uma forma que, ao mesmo tempo, é firme e sensível. Nós mulheres construímos uma carga política ainda dentro dos nossos próprios lares, nos desafios do dia a dia, o que nos permite buscar novos espaços que, apesar de ainda tímidos, já são avanços consideráveis”, revelou.

Sobre a licença de 121 dias sem remuneração e a chegada de Balduíno ao executivo mirim, destacou: “A política é feita através de gestos. Valorizamos a votação recebida por Balduíno, pela sua origem, determinação e capacidade de trabalho. Na eleição de 2020 a chapa do nosso partido atuou em grupo, de forma unida e colaborativa, e o nosso mandato também é fruto desse esforço conjunto de todos os candidatos”, disse.

“Então nada mais natural e justo do que possibilitar a alguém que de fato representa uma parcela significativa do eleitorado a oportunidade de contribuir com a administração pública de Campina Grande”, concluiu.

Carol também fez questão de ressaltar o trabalho desenvolvido pela Comissão de Saúde, a qual foi presidente, bem como o secretariado na Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Doenças Raras e Autismo.

(Ascom)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo