DestaquesParaíba

Lançada na manhã desta quinta-feira, pela Prefeitura, Campanha Novembro Azul terá ações durante o mês inteiro, em Campina Grande

A campanha foi lançada com um jogo de futsal alusivo ao cuidado com a saúde e a prática de esportes.

A Prefeitura de Campina Grande lançou na manhã desta quinta-feira, 9, a campanha Novembro Azul – Todas as torcidas vestem a cor de saúde. A campanha faz alusão às atividades esportivas e o cuidado com a saúde, já que o esporte é uma temática de interesse do público masculino e cuja prática ajuda na qualidade de vida e de saúde dos homens.

A abertura aconteceu na ESAC com uma partida de futsal entre os times Treze e Campestre. Também teve a oferta de serviços de saúde para o público masculino. Ao longo de todo o mês, a campanha vai desenvolver atividades em locais como a Feira Central de Campina Grande, empresas privadas, Instituto dos Cegos, Lojas Maçônicas, penitenciárias, Centro Especializado para População de Rua, parques públicos e Unidades Básicas de Saúde.

“A gente só pode estar bem e fazer bem quando a gente tiver bem de saúde mental e saúde física, então estamos convocando os homens para cada um fazer a nossa parte e podermos estar bem de saúde. Teremos várias ações durante o mês não só com exame de próstata, mas o cuidado integral de saúde do homem”, disse o secretário de Saúde, Carlos Dunga Júnior.

Este ano, a Secretaria de Saúde conta com o trailer de serviços da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), que vai realizar exames rápidos de PSA em algumas das ações. Além disso, um mutirão de consultas e exames está sendo realizado no Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC). Os homens a partir de 45 anos de idade podem fazer o agendamento pelo telefone (83) 2101-5566.

Cuidado integral – A campanha este ano chama a atenção para o cuidado integral com a saúde do homem. Desse modo, a população masculina é convidada a buscar atendimento para todas as áreas da saúde, e não especificamente para a prevenção do câncer de próstata somente, uma vez que esta doença atinge geralmente uma faixa etária específica e aponta para uma possibilidade de adoecimento do público.

Assim, a nota técnica 9/2023 do Ministério da Saúde recomenda a convocação de todas as pessoas do gênero masculino, independentemente da idade, para buscar os serviços da Atenção Primária à Saúde (APS). Em Campina Grande, por exemplos, dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) demonstram que as principais causas de morte nos homens adultos são doenças cardiovasculares e acidentes de trânsito.

Programação:

10/11 – Ação na Feira Central – 8h

13/11 – Ação na unidade de acolhimento Irmã Zuleide Porto – 13h30

14/11 – Ação no Instituto dos Cegos – 9h

16/11 – Ação no Centro Especializado para População de Rua (Centro POP) – 8h

17 e 18/11 – Ação na Loja Maçônica – 19h

23/11 – Ação no presídio Serrotão – 8h.

Codecom



Botão Voltar ao topo