IMPRENSA DE LUTO: Covid-19 mata a a jornalista Karina Araújo de apenas 48 anos

 

A morte de Karina pegou todos de surpresa, pois poucos sabiam da sua sua doença.  Comoção geral.

Karina se internou no Hospital Pedro I,  no dia 31 de agosto, com sintomas de covid-19, o diagnóstico confirmando a doença saiu no dia seguinte, desde então ela começou a lutar contra os sintomas que foram se agravando e estava fazendo fisioterapia respiratória. Karina foi transferida para o Hospital de Clínicas de Campina Grande, de onde foi confirmada a sua morte. Era solteira, filha única e não deixou filhos.

Foi namorada um tempo, do coronel Gilberto, comandante do IV BPM, de Guarabira, ex-II BPM.

A jornalista atuava na TV Borborema, afiliada do SBT, como produtora. Ela acumula experiência como Repórter, Assessora do 4º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba e da 3ª Regional de Saúde, além de professora no Curso de Comunicação Social.

Karina se internou no Hospital Pedro I,  no dia 31 de agosto, com sintomas de covid-19, o diagnóstico confirmando a doença saiu no dia seguinte, desde então ela começou a lutar contra os sintomas que foram se agravando e estava fazendo fisioterapia respiratória. Karina foi transferida para o Hospital de Clínicas de Campina Grande, de onde foi confirmada a sua morte.

A jornalista atuava na TV Borborema, afiliada do SBT, como produtora. Ela acumula experiência como Repórter, também no Sistema Correio: assessora do 4ºBatalhão da Polícia Militar da Paraíba, em Guarabira e da 3ª Regional de Saúde, além de professora no Curso de Comunicação Social.

ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DE IMPRENSA

NOTA DE FALECIMENTO
JORNALISTA KARINA PAULA ARAÚJO

A API – Associação Paraibana de Imprensa – comunica com pesar o falecimento da  associada e jornalista KARINA PAULA ARAÚJO , ocorrido na madrugada desta quarta-feira, 01l9 de setembro, no Hospital de Clínicas.

Grande perca para o jornalismo campinense. Karina sempre foi cumpridora de seus deveres e, com muita dedicação desempenhou suas funções profissionais por onde trabalhou.

Karina Araújo tinha 48 anos, era filha única, e perdeu a luta contra a COVID 19, mas deixa seu legado no jornalismo campinense, como profissional zelosa e competente. Mulher de fibra e de caráter ilibado, jornalista exemplar e sempre respeitada por todos que tiveram a honra de acompanhar seu admirável trabalho por onde passou, a exemplo do Jornal da Paraíba, Secretarias de Saúde do Município e do Estado, no Diário da Borborema, na assessoria do 2° BPM, na CODECOM/PMCG, e do Campinense Clube, seu time de coração. Também lecionou na Faculdade de Comunicação Social da UEPB, e atualmente era produtora da TV Borborema.

A API presta, assim, suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos da companheira de imprensa de Campina. Grande.

Aos familiares recebam nesta hora difícil, o abraço de afeto e respeito de todos os seus amigos e companheiros do jornalismo paraibano.

Campina Grande, 09 de setembro de 2020.

Associação Paraibana de Imprensa
Diretoria de Base – Campina Grande

 

SECRETARIA DE SAÚDE DE CAMPINA GRANDE-NOTA OFICIAL

A Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande manifesta o sentimento de profunda consternação pela morte da jornalista Karina Paula Araújo, de 48 anos, vítima da Covid-19. Karina faleceu na noite desta terça-feira, 8.

A jornalista era servidora efetiva da Prefeitura Municipal de Campina Grande e contribuiu, enquanto assessora de imprensa da Secretaria de Saúde, durante anos, para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde no município, por meio da comunicação.

Atualmente trabalhando como produtora da TV Borborema, Karina também contribuiu com a sociedade campinense, levando informações sobre saúde pública, principalmente neste período de pandemia.

A Secretaria de Saúde de Campina Grande se solidariza com todos os familiares e amigos.

 

Nota de Pesar- SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

A Secretaria de Estado da Saúde manifesta profundo pesar pelo falecimento da jornalista Karina Paula Araújo, 48 anos, ocorrida na noite desta terça, 08 de setembro, em decorrência da Covid-19.

Assessora de imprensa, assim como trabalhadora do SUS, por muitos anos Karina se dedicou ao relacionamento da 3ª Gerência Regional de Saúde com a imprensa da região de Campina Grande, onde realizou seu trabalho com empenho diário colaborando com a qualidade das informações sobre as ações de saúde na região.

Diante da irreparável perda, nos solidarizamos com seus familiares, amigos e colegas de trabalho. Pedimos a Deus que conforte a todos.

Campina Grande, 08/09/2020.

 

NOTA DE FALECIMENTO

A TV BORBOREMA/SISTEMA OPINIÃO informa com profundo pesar o falecimento da jornalista KARINA PAULA ARAÚJO, 48, integrante dos seus quadros de colaboradores. O fato aconteceu na noite desta terça-feira, em Campina Grande, em decorrência de complicações ocasionadas pela Covid 19.
Karina trabalhava na tevê desde o dia 13 de julho de 2018, desenvolvendo com capacidade e zelo as suas funções; sempre voltadas para o bem-estar da população, respeitando a ética e o compromisso com o bom jornalismo.
Em função da lamentável e irreparável perda, a diretoria da emissora se solidariza com os familiares, amigos e colegas de trabalho, colocando-se à disposição da família para o apoio necessário.
Que Deus conforte a todos.

Campina Grande, 09 de setembro de 2020

 

Load More Related Articles
.