DestaquesNotícias

Hospital Municipal Dr. Edgley realiza mais de 1.500 cirurgias em dez meses

Procedimentos envolvem as cirurgias bariátricas, de cabeça e pescoço, cirurgia geral, obstetrícia e ginecologia, mastologia, urologia, torácica, proctologia, pequenas cirurgias e a otorrinolaringologia.

O Hospital Municipal Dr. Edgley, da Prefeitura de Campina Grande, realizou mais de 1.500 cirurgias em dez meses, desde o início do funcionamento do centro cirúrgico da unidade hospitalar, inaugurado em julho do ano passado, pela gestão do prefeito Bruno Cunha Lima.

Entre os dias 30 de julho de 2022 e 30 de maio deste ano foram realizadas 1.573 cirurgias, o que representa uma média de mais de 150 procedimentos por mês. As cirurgias envolvem as de cabeça e pescoço, cirurgia geral, obstetrícia e ginecologia, mastologia, urologia, torácica, proctologia, as pequenas cirurgias e de otorrinolaringologia. O local também realiza as cirurgias odontológicas em pacientes com deficiência.

Bariátricas – E neste ano de 2023 foram iniciadas as cirurgias bariátricas, de forma pioneira pelo Sistema Municipal de Saúde em Campina Grande. No hospital foi criado um ambulatório de obesidade, com o acompanhamento integral dos pacientes, para garantir o serviço completo aos cidadãos, culminando com a intervenção cirúrgica.

Atendimento vascular – A unidade hospitalar também passou a realizar tratamento esclerosante não estético de varizes de membros inferiores e o atendimento vascular em pacientes com problemas de circulação. O próximo passo será a implementação das cirurgias vasculares, no próprio hospital.

Reestruturação – O Hospital Municipal Dr. Edgley tem passado por uma reestruturação na gestão do prefeito Bruno Cunha Lima. O espaço ganhou o centro cirúrgico, com cinco salas de procedimentos, sala de pós-anestésico e equipamentos para cirurgias por videolaparoscopia.

Também foi construída a UTI do Idoso com dez leitos, uma enfermaria geral com 30 leitos e um centro de especialidades com mais 36 leitos. O setor de hemodiálise recebeu 25 novas máquinas de diálise e dezenas de poltronas para pacientes e acompanhantes. A ala de saúde mental também está passando por reforma.

“Estruturamos um programa municipal de cirurgias que tem dado resposta às necessidades das pessoas. Antes, essas especialidades cirúrgicas não eram disponibilizadas pelo serviço municipal, mas através da Rede Complementar. Além disso, estamos reformando o centro cirúrgico do Hospital Municipal Pedro I e descentralizamos as pequenas cirurgias para os distritos de Galante e de São José da Mata”, ressaltou o secretário de Saúde, o médico cirurgião Gilney Porto.

Codecom



Botão Voltar ao topo