Há 2 meses internado, José Maranhão enfrenta complicações da Covid-19

Internado há dois meses, o senador José Maranhão (MDB) continua enfrentando complicações causadas pela Covid-19. O político deu entrada em um hospital privado de João Pessoa no dia 29 de novembro de 2020. Após agravamento do estado de saúde, ele foi transferido para São Paulo, onde continua recebendo tratamento.

José Maranhão testou positivo para a Covid-19 no dia do segundo turno das eleições, em que participou de várias atividades políticas.

A última atualização sobre o estado de saúde confirmada pela assessoria, afirma que José Maranhão continua estável e recebe tratamento na UTI para pacientes sem o novo coronavírus.

Há duas semanas, José Maranhão voltou a ser sedado para respirar com ajuda de ventilação mecânica.

Nas últimas semanas, fake news sobre a morte do senador foram compartilhadas nas redes sociais, no entanto, as informações foram desmentidas e repudiadas por parentes do político.

SUPLENTE

Empossada no dia 12 de janeiro, a primeira-suplente Nilda Gondim (MDB) permanece no cargo de senadora durante o período de afastamento do titular. Ela assumiu a cadeira devido ao prolongamento da licença médica de José Maranhão. O novo pedido de licença médica de José Maranhão, formulado em 7 de janeiro, é válido por 120 dias. O primeiro requerimento, feito no ano passado, era válido por 24 dias, situação em que não há a necessidade de a primeira-suplente assumir interinamente.

Load More Related Articles
.