Governo do Estado anuncia medidas emergenciais para garantir água ao povo do Brejo

O governador João Azevêdo (Cidadania) anunciou, nesta segunda-feira (6), uma série de medidas para o enfrentamento da crise hídrica que afeta a região do Brejo paraibano, a exemplo da construção de adutora, distribuição de caixas d’água, perfuração de poços e instalação de bombas.

“O regime de chuvas no Brejo era mais regular, mas, infelizmente, isso não está ocorrendo por conta das mudanças climáticas, mas estamos com um conjunto de obras de curto, médio e longo prazos. Nós traremos para o Brejo uma adutora que sairá de Campina Grande até Esperança e Remígio, levando até a estação de tratamento de Camará, trazendo água do São Francisco para a região. Estamos atentos e tomando as providências”, assegura o gestor.

O presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius Neves, detalha as principais ações para garantir água de qualidade e gratuita à população.

“Todas as cidades que estão em racionamento grave ou colapso contam com caixas d’água nas suas zonas urbanas, visando o abastecimento de qualidade pelos carros-pipa. Nós já ampliamos os pontos de abastecimento em várias estações de tratamento que disponibilizamos de água, conversado com os municípios para termos as menores distâncias de transporte, aumentando a quantidade de carros que já foram identificados e cadastrados”, pontua.

Ele explica que, a partir de Jacaraú, a Cagepa atende os municípios Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Duas Estradas, Caiçara e outras cidades.

Já os pontos de abastecimento de Cuitegi e Araçagi foram ampliados.

Além disso, foram iniciados os serviços de construção de uma adutora emergencial para contemplar os municípios de Pirpirituba, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Sertãozinho e Duas Estradas.

“A região de Guarabira não será afetada porque ampliamos a capacidade de transporte e tratamento da adutora de Araçagi, estamos em obras com a adutora que vem de Cuitegi e de lá sairemos com 11 km para chegar perto da estação de tratamento de Pirpirituba e seguir para outras cidades, restabelecendo o sistema em outras cidades”, acrescenta.

Por sua vez, o governador ainda reforça o esforço do Estado para garantir a segurança hídrica dos municípios paraibanos.

“Nós estamos montando o processo de licitação para a grande adutora do Cariri, que irá captar água do São Francisco e levar para a região do Cariri e chegar até Taperoá e Junco do Seridó. Também estamos retomando a adutora do Curimataú, que irá beneficiar uma parte dos municípios do Brejo. Essas serão adutoras com mais de 350 km, cada uma, beneficiando as regiões que mais sofrem com a falta de água”, finaliza.

( paraiba.pb.gov.br e helenolima.com)
Load More Related Articles
.