Governador João Azevêdo defende medidas restritivas para evitar colapso de hospitais na Paraíba

O governador da Paraíba, João Azevêdo, está defendendo a implementação do Plano Novo Normal Paraíba para evitar um colapso no sistema de saúde do estado com o avanço dos casos de covid-19. Atualmente a Paraíba possui 138 cidades em bandeira laranja, além de seis em bandeira vermelha, onde as restrições devem ser ainda mais severas.

João Azevêdo defende que bares e restaurantes voltem a funcionar apenas com delivery, e que casas de eventos, igrejas, escolas e a orla de João Pessoa sejam fechados por 15 dias, prazo em que será feita uma nova avaliação da situação da pandemia. Também deve haver toque de recolher.

O governador está reunido agora com os representantes da Secretaria de Estado da Saúde e de diversos órgãos do setor sanitário da Paraíba, bem como da Procuradoria Geral do Estado, para definir as ações de enfrentamento da pandemia, mas já adiantou que esses são alguns pontos a serem discutidos no encontro.

Redação com Click-PB

Load More Related Articles
.