DestaquesParaíba

Governador inaugura Arco Metropolitano de Campina Grande

O governador João Azevêdo inaugurou, nesta sexta-feira (22), a implantação e pavimentação do Arco Metropolitano de Campina Grande, a maior obra de mobilidade urbana realizada na cidade nos últimos anos, que recebeu investimentos de R$ 48 milhões de recursos próprios do estado. Com uma extensão de 6 km, o trecho interliga diretamente as rodovias BR-230, BR-104 e PB-095.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual também anunciou a realização de projeto para a execução de mais uma grande obra de mobilidade urbana na cidade, ligando a Avenida Floriano Peixoto ao Arco Metropolitano.

João Azevêdo ressaltou, na ocasião, os investimentos superiores a R$ 1,5 bilhão na Rainha da Borborema e a importância da obra do Arco Metropolitano para o desenvolvimento econômico da cidade e região.

“Essa obra beneficia os motoristas que vão para o Brejo e Curimataú e também a mobilidade urbana dentro de Campina Grande porque a partir do momento que se tira uma boa quantidade de veículos de dentro da cidade, principalmente, carros pesados, alivia o trânsito. Além disso, ela também tem uma importância para o Centro de Convenções, que irá gerar um fluxo de veículos por conta dos eventos que lá serão realizados e celebramos neste Natal a chegada desse investimento na Rainha da Borborema, demonstrando o nosso compromisso e respeito com o município”, frisou.

O vice-governador Lucas Ribeiro salientou a importância da obra para o desenvolvimento da região. “Esse é um momento ímpar e agradeço, em nome de Campina Grande, por esse presente às vesperas de Natal que vai fazer a diferença não só na cidade, mas na Região Metropolitana e se configura como a maior obra de mobilidade urbana dos últimos tempos”, pontuou.

O secretário de estado da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga, evidenciou a execução de obras estruturantes do governo devido à gestão fiscal equilibrada.

“Nós temos um programa rodoviário de R$ 2,5 bilhões que contempla travessias urbanas, pavimentações, ligação de regiões, graças à capacidade de gestão do governador que faz a melhor gestão fiscal, que permite grandes investimentos, e o Arco é uma importante obra de mobilidade para Campina Grande e de toda a região, facilitando o acesso de quem vai para municípios como Cuité, Esperança, Remígio, Picuí, que não terá mais necessidade de enfrentar o trânsito urbano da cidade.”, sustentou.

  • Blog do Max Silva)


Botão Voltar ao topo