EQUILÍBRIO FISCAL : Romero garante: Bruno receberá uma prefeitura mais equilibrada financeiramente do que a que ele herdou, em 2013

Prefeito de Campina Grande destaca contas organizadas em relação à folha de pessoal, fornecedores e dinheiro em caixa para o próximo governo

 

 

Entrevistado do programa Paraíba Verdade, da Rádio Arapuan, na manhã desta terça-feira 15,  o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, após fazer um balanço de seu segundo mandato seguido que chega ao fim no próximo dia 31 deste mês, assegurou: o prefeito eleito Bruno Cunha Lima encontrará uma situação financeira extremamente tranquila em relação às duas circunstâncias, em janeiro de 2013.

– Graças ao meu bom Deus, nós vamos entregar uma prefeitura organizada, equilibrada, com os servidores pagos e os fornecedores em dia, dentro do possível”, comemorou Romero, assegurando ainda que estão sendo deixados recursos em caixa para obras conveniadas – inclusive R$ 17 milhões para obras de infraestrutur urbana.

O prefeito também deixou claro que Bruno terá total autonomia durante a sua gestão, não haverá um “terceiro” mandato de Romero dentro da próxima gestão. “Não vou interferir em absolutamente nada, mas serei um colaborador permanente”, disse Romero que acredita: a cidade vai avançar ainda mais, a partir de janeiro de 2021.

Elogios a Enivaldo

Romero Rodrigues acredita que, na gestão de Bruno, a boa convivência entre o prefeito e seu vice, Lucas Ribeiro, será mantids, assim como foi na sua segunda gestão ao lado do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP). “Enivaldo é um cara sensacional, só colaborou, só ajudou, foi um parceiro de verdade”, destacou.

Ainda na entrevista, Romero ressaltou o trabalho que foi feito na área de saúde da cidade, com a compra do Pedro I e a construção do novo Hospital da Criança e do Adolescente, o qual ele pretende inaugurar antes do fim do ano.

E no final do bate papo, os jornalistas Valderedo Borba e Geovanne Santos agradeceram ao prefeito a maneira de trabalho dele em relação à imprensa campinense, o modo de tratar os profissionais da área, sempre sem perseguição, mesmo se houvesse alguma crítica.

 

(CODECOM)

Load More Related Articles
.