DestaquesParaíba

ENTREVISTA: Bruno avalia o Maior São João do Mundo, desconstrói narrativas equivocadas com números e comemora recordes que atestam o sucesso da 40ª edição do evento



Mesmo faltando poucos dias para o encerramento do Maior São João do Mundo, edição 2023, o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, afirmou na noite desta segunda-feira, 26, que o evento já alcançou um nível de sucesso que supera todas as expectativas. Ele foi entrevistado no Programa Frente a Frente (TV Arapuan), pelo jornalista Luís Torres. Em sua participação o prefeito, o evento não só atestou o êxito da festa, como desconstruiu, com números, narrativas e comemorou recordes desta edição 2023.

Entre os números revelados pelo prefeito, entre os dias 1º a 25 de julho, mais de seis milhões de veículos transitaram em Campina Grande. A rede hoteleira apresentou lotação no ápice da festa, graças ao crescente fluxo de turistas oriundos de todos os recantos do Brasil, enquanto o comércio apresentou o crescimento de 10% nas suas vendas.

 

Segundo Bruno, a imagem da festa está consolidada, por exemplo, com a intensa divulgação do evento nos principais telejornais do Brasil. Conforme garantiu, os próprios turistas também atestam o nível de excelência, organização e segurança do evento de 2023. Ademais, existe a estimativa de que a edição atual vai superar a casa de mais de meio bilhão de reais em circulação na economia da cidade.

Ao ser abordado sobre a polêmica dos espaços privados no PP, Bruno revelou que mais de um milhão de pessoas passaram pela arena, só no primeiros 15 dias do evento, conforme revela contagem eletrônica de público. Desse total, apenas 4% foram de pagantes, enquanto 96% dos forrozeiros tiveram acesso gratuito à festa.

Bruno Cunha Lima argumentou que uma alternativa, em resposta a quem defende fim dos espaços privados no evento, seria a Prefeitura arcar com os custos para equilibrar o caixa da empresa, mas acha mais importante direcionar recursos públicos para áreas como educação, infraestrutura e saúde ou a retomada dos restaurantes populares. Ademais, lembrou: festas bancadas em milhões com dinheiro público, como Caruaru, Petrolina e Aracaju, têm também esses espaços privados.

Um detalhe importante que ressaltou: este ano, o Município não apenas deixou de investir diretamente no Maior São João do Mundo (na ordem de R$ 3 milhões) – que se constituiu em grande avanço na parceria público-privada que ocorreu na gestão de Romero Rodrigues – como ainda recebeu dinheiro pela concessão da gestão do evento. Mais que isso: por uma decisão da empresa Artes Produções, ao abrir um CNPJ em Campina Grande, a Prefeitura vai arrecadar mais de R$ 1 milhão em ISS em junho.

PP: em 2024, já ampliado

Para o São João do próximo ano, Bruno Cunha Lima confirmou: os projetos de ampliação do Parque do Povo vão sair do papel, mediante desapropriação de considerável área no setor. Já neste dia 22 de julho, haverá a licitação das obras de revitalização do Açude Novo e de construção de túnel interligando as duas principais áreas de lazer da cidade. Com isso, já em 2024, o Parque do Povo contará com uma área de 78 mil metros de quadrados.

Codecom

Botão Voltar ao topo