Eleições 2022: Lá vem o “Mago” de Campina, o “Matuto” Agregador – Por Gildo Araujo

 

Quem segura Romero? O “mago” de Campina Grande declarou à imprensa paraibana esta semana que será candidato ao cargo de governador em 2022 e que assim que passar a faixa de prefeito para o seu sucessor, Bruno Cunha Lima, estará peregrinando pela Paraíba.
Não subestimem este “mago” de Campina, que leva consigo a cara de “matuto”, mas carrega sobre si uma experiência de vida pública pouco vista nos políticos paraibanos.

Filho de Galante, distrito de Campina Grande, ele tem trilhado sua trajetória política sempre com diálogo, simplicidade e gestos concretos, o que tem lhe credenciado a sempre lograr êxitos em suas investidas, e mais, lembra muito o jeito do ex-deputado Rômulo José de Gouveia (in memoriam), onde contagiava quem tinha contato com ele. Em Campina Grande, Romero é aquele que bate bola com os peladeiros todos os domingos nos bairros, daí ter essa afinidade com a população.

E, até parece que nós estávamos adivinhando quando alertamos na semana passada, ao grupo comandado pelo governador João Azevedo, que deixasse o enclausuramento político, saísse de João Pessoa e interiorizasse sua política, pois os oposicionistas iriam ganhar campo em busca de votos para 2022.

Como se não bastasse, ainda veio o ex-candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira, e declarou, na segunda-feira, na TV Arapuan (Luís Torres) tudo que havíamos escrito no domingo, que ele juntamente com Romero Rodrigues, Ruy Carneiro, Luciano Cartaxo e até Walber Virgulino se unirão e andarão a Paraíba em busca de conquistar simpatizantes para uma conjuntura política em 2022.

É bom lembrar que o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, é um exímio aglutinador político e poderá arregimentar vários partidos em sua volta. É um político de bom trato, em que desde de vereador, deputado estadual, federal e prefeito sempre teve um bom relacionamento com todos os partidos políticos, até mesmo com a grande parte das oposições.

A propósito, um fato que nos chamou atenção na semana passada foi a declaração do atual vice-prefeito e indócil Enivaldo Ribeiro quando disse com todas as letras que, a preço de hoje, se Romero Rodrigues fosse candidato a governador, o Progressista votaria com ele.

Todas essas movimentações que já vem ocorrendo já dão margem para acender a luz vermelha do Palácio da Redenção de que é necessário mudar alguma estratégia na forma como estão fazendo política, pois se assim permanecer poderão se surpreender nas próximas eleições.

Outro fator preponderante que soma em favor do prefeito campinense é o seu alto índice de aceitação popular na cidade de Campina Grande, sinal de que já começa a dar demonstração de que obteve uma maioria histórica contra os seus adversários. Além das 69 cidades ao redor de Campina Grande que o prefeito campinense tem contato quase que diariamente já que Campina é o centro de referência médica da região.

Diante do que estamos observando, já dá para se ter uma nítida noção de que as eleições de 2022 não será algo fácil para a reeleição do governador, caso não mude a fórmula administrativa. Não brinquem com Romero Rodrigues, além de muito carisma, é agregador, conciliador e político na acepção da palavra. É um páreo muito forte para as próximas eleições. É melhor dizer a verdade, do que agradar com a mentira. Se liga governador João Azevedo… Quem avisa, amigo é. Quem viver verá. O “mago” é forte.

Suedna Lira ( Polêmica Paraíba)

Load More Related Articles
.