ECONOMIA : Bruno sanciona doação de terreno para instalação de fábrica e montadora de automóveis em Campina Grande

Prefeito sanciona lei de doação de terreno para a CAB Motors, que promete inaugurar unidades em janeiro de 2022, com projeção de 920 empregos diretos

Campina Grande avança no processo de implantação de uma fábrica e montadora automotivas que deverão começar a funcionar em janeiro de 2022, propiciando a geração de 920 empregos diretos. Mais um passo importante nesse sentido foi formalizado na tarde desta sexta-feira, 12, em solenidade na qual o prefeito Bruno Cunha Lima sancionou a Lei Municipal nº 7.870/2021, que permite a doação de uma área para a instalação dos empreendimentos da CAB Indústria Automobilística Ltda., que integra as empresas do Grupo Ferreira Sousa, de Alagoas.

A CAB Motors produz veículos com cem por cento de tecnologia nacional. A iniciativa vai representar investimentos da ordem de R$ 200 milhões, já aprovados por instituições parcerias como o Banco do Nordeste e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste. A primeira parcela, de R$ 100 milhões, só espera a anexação no processo da escritura do terreno, o que já está sendo tratado, de forma célere, pela Agência Municipal de Desenvolvimento (AMDE).

Conforme o presidente da CAB Motors, empresário Antônio Ferreira de Souza, em Campina Grande serão produzidas todas as peças e insumos que servirão para abastecer cinco montadoras espalhadas por todas as regiões do país. Na cidade, anualmente, serão produzidas 6 mil unidades da marca Jipe Stark. A unidade vai atender aos mercados nacional e internacional. Ele também assegurou, durante o seu discurso, que além de Campina Grande sediar a fábrica, a cidade contará ainda com moderna pista para a promoção de eventos automobilísticos em nível nacional.

Bruno: Campina é superação

Em seu pronunciamento, o prefeito Bruno Cunha Lima fez questão de agradecer aos órgãos financiadores do empreendimento, além de enaltecer a direção da empresa que tomou a decisão de investir na cidade. Também reconheceu o empenho do ex-prefeito, Romero Rodrigues, em viabilizar a nova indústria.

Segundo Bruno, trata-se de uma iniciativa que tem tudo para obter pleno sucesso na cidade, ressaltando ainda a real possiblidade da nova fábrica atrair, em futuro breve, muitos outras empresas que atuam no ramo automotivo. “Em tempos tão difíceis, Campina Grande mostra a sua pujança e seu espírito empreender capaz de superar os piores obstáculos”, afirmou.

Ainda fizeram pronunciamentos destacando a importância da iniciativa de Romero Rodrigues, historiando os passos dados para a instalação da nova empresa ainda no período da sua gestão; o presidente da Federação das Industrias da Paraíba, Francisco Benevides Gadelha e o presidente da Câmara Municipal, vereador Marinaldo Cardoso, que assegurou total apoio às iniciativas do governo municipal em prol da atração de novas indústrias e a geração de   empregos.

Estiveram integrando a mesa de honra, além do prefeito Bruno, do empresário Antônio Souza, de Romero Rodrigues e de Buega Gadelha, o vice-prefeito Lucas Ribeiro; o deputado estadual Tovar Correia Lima; o presidente da Câmara Municipal, Marinaldo Cardoso; o procurador geral do Município, Aécio Melo; a presidente da AMDE, Alana Carvalho; e Bruno Góes, representando o Banco do Nordeste. A cerimônia ainda foi prestigiada pelo deputado estadual Moacir Rodrigues, vereadores e secretários municipais.

(CODECOM)

Load More Related Articles
.