Diversos municípios da PB ficam de fora do Garantia Safra deixando milhares de agricultores prejudicados

A Coordenação Estadual do Programa Garantia Safra divulgou nesta terça-feira (20) um documento sobre os laudos de análise de perdas da Safra 2019/2020.

De acordo com as normas do programa a perda da lavoura superior a 50% é um fator preponderante e decisivo para que o município esteja incluído entre os beneficiários do seguro. Na lista divulgada apenas 76 municípios do estado tiveram perdas decretadas. Conforme apuramos os laudos são produzidos com dados do INMET, CEMADEN e LSPA/IBGE.

Na região do Cariri Paraibano tiveram as perdas decretadas, portanto estão aptos a receber os municípios de Alcantil, Barra de São Miguel, Boa Vista, Boqueirão, Cabaceiras, Camalaú, Caturité, Monteiro, Prata, Riacho de Santo Antônio, Santa Cecília, São Domingos do Cariri, São João do Cariri, São João do Tigre, São Sebastião do Umbuzeiro, Taperoá e Zabelê.

Ainda na região caririzeira mais de uma dezena de municípios ficaram de fora do critério de perdas de acordo com os laudos, e, portanto os agricultores não terão acesso ao benefício. Os municípios são Assunção, Serra Branca, Coxixola, Caraúbas, Gurjão, Santo André, Parari, São José dos Cordeiros, Livramento, Sumé, Congo, Ouro Velho, Amparo, Soledade e Juazeirinho.

O anúncio gerou a revolta dos agricultores desses municípios que aguardavam ansiosamente a liberação do seguro, principalmente em tempos de pandemia onde toda a rede da agricultura foi ainda mais prejudicada.

O Secretário de Agricultura de Serra Branca, André Braz demonstrou revolta com os laudos apresentados que deixa o município mais uma vez fora do programa. Ele disse que contestará oficialmente, pediu o apoio da Amcap e a formalização de uma união dos municípios prejudicados para tentar reverter a decisão.

O prefeito de Parari, Genival Queiroz declarou ao Portal Paraíba Mix que achou injusta a decisão do programa e que vai buscar todos os meios de contestar essa postura. Segundo o gestor não é justo que os municípios paguem seu aporte, os agricultores também cumpram sua parte e no final, apesar do pouco lucro na safra, o programa venha retirar o município do benefício.

Diversos outros prefeitos e secretários de agricultura também já declararam insatisfação com a decisão e prometem tomar providências em busca de reverter a situação.

Em entrevista ao programa Jornal da Tarde da Serra Branca FM, apresentado pelo radialista Júnior Queiroz o Coordenador Estadual do Programa Garantia Safra, Alessandro Silva disse que essa apresentação dos laudos é uma decisão final do programa, porém que estará enviando toda documentação aos municípios que ficaram de fora para que os mesmos possam tomar as medidas que acharem necessárias.

Paraíba Mix

Load More Related Articles
.