DestaquesNotícias

DIA D: Veja locais de vacinação em Campina Grande neste sábado e vacinas disponibilizadas

Os horários de atendimento variam, mas vão das 8h até as 21h, dependendo do ponto de imunização.

Na Multivacinação estão incluídas todas as vacinas de rotina do Calendário Nacional de Imunização, que são BCG, Hepatite A e B, Pentavalente, Poliomielite inativada e oral, Rotavírus, Pneumocócica, Meningocócica C e Meningocócica ACWY, Tríplice Viral, DTP e dTpa, Varicela, Febre Amarela, Difteria e Tétano e HPV.

Foco na vacina do Sarampo – Uma das ênfases do dia D é a aplicação da vacina tríplice viral, que protege de Sarampo, Caxumba e Rubéola. O foco é proteger a população contra o Sarampo, já que um caso da doença foi diagnosticado no Brasil. A tríplice viral é aplicada em pessoas de 1 a 59 anos e profissionais de saúde, independentemente da idade.

O esquema vacinal inicial é composto por duas doses, sendo uma aos 12 meses e outra aos 15 meses de vida. Até 29 anos, o esquema vacinal contempla 02 doses com intervalo com intervalo mínimo de 30 dias. As pessoas de 30 a 59 anos que não foram vacinadas em nenhum momento da vida, deve receber uma dose única da tríplice viral.

Covid-19 – A vacinação da covid-19 segue sendo aplicada nas pessoas que estão dentro dos grupos prioritários. Com a mudança do Ministério da Saúde do imunizante para o rol das vacinas de rotina, em 2024 o esquema vacinal é diferente.

Uma dose de reforço da vacina Bivalente está sendo aplicada em idosos e pessoas imunossuprimidas a partir de 12 anos, gestantes e puérperas, que receberam a última dose de vacina há, no mínimo, seis meses. Ou seja, as pessoas desses grupos que tomaram uma dose há seis meses devem receber o reforço da Bivalente.

Para os demais grupos prioritários como profissionais de saúde, profissionais do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade, adolescentes cumprindo medidas socioeducativas, quilombolas, ribeirinhos e povos indígenas, professores, pessoas com deficiência, pessoas vivendo em instituições de longa permanência e pessoas em situação de rua, é aplicada uma dose de reforço, anualmente, com intervalo mínimo de 6 meses.

Para as crianças de 6 meses a 4 anos, a vacina contra covid-19 passou a ser ofertada no calendário de rotina em três doses: aos seis meses, sete meses e nove meses. O esquema vacinal para essa faixa etária são de três doses, obedecendo um intervalo mínimo de quatro semanas entre a primeira e a segunda e de oito semanas entre a segunda e a terceira.

As pessoas que não fazem parte de nenhum grupo prioritário e que foram vacinadas com pelo menos duas doses não fazem mais jus à aplicação da vacina. Para quem recebeu apenas uma ou nenhuma dose, é possível tomar a vacina contra covid disponível para sua faixa etária.

Dia D – A abertura oficial acontece no Parque da Criança, onde o atendimento será das 8h às 17h. No Terminal de Integração, o horário será das 8h às 21h. Nos demais locais, o funcionamento varia. Em alguns pontos, o atendimento será das 8h às 16h e, em outros locais, das 8h às 12h.

A distribuição dos pontos de imunização foi realizada de modo a contemplar toda a cidade, incluindo os sete distritos sanitários do Município. Todos os Centros de Saúde e Policlínicas estarão de portas abertas, assim como boa parte das Unidades Básicas de Saúde. Os três distritos também foram contemplados: Catolé de Boa Vista, Galante e São José da Mata.

No Monte Castelo, onde as duas UBS passam por reformas estruturais, a vacinação ocorre também na sede da SAB. Outros locais que também aplicarão vacina neste dia D são a Estação Ciência e Cidadania, nas Malvinas, e o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA).

Codecom



Botão Voltar ao topo