CRIME EM ASILO: após assassinar colega de quarto com três enxadadas, idoso deitou e voltou a dormir em CG

Um idoso identificado como Euclidenor Pinto de Oliveira, de 74 anos, foi morto com golpes de enxada, na manhã desta terça-feira (10), em um abrigo de idosos localizado no bairro do Santa Rosa, Zona Oeste de Campina Grande/PB.

De acordo com informações da delegada da Polícia Civil, o acusado identificado como José Edson Cordeiro, de 60 anos, também mora no local, e confessou que cometeu o crime por conta do incômodo que sentia por causa do barulho que a vítima produzia a noite quando precisava ir ao banheiro.

O detalhe que mais chama atenção é a frieza do acusado, que logo após ter cometido o crime, voltou a dormir, como se nada tivesse acontecido.

O acusado identificado como José Edson Cordeiro, de 60 anos, foi levado para a Central de Polícia – Foto: Reprodução

Questionamos, os funcionários do asilo não reconheceram esse incômodo e relataram aos investigadores que o senhor Euclidenos Pinto, utilizava de uma espécie de andaja para poder se locomover e que este equipamento causava barulho, mas não a ponto de incomodar da forma que o acusado afirmou.

Como José Edson dividia o quarto com Euclidenor, ele aproveitou o momento em que o idoso dormiu e com uma enxada que é utilizada nos serviços de manutenção do local, atacou a vítima desferindo vários golpes na região da cabeça.

A vítima identificada como Euclidenor Pinto de Oliveira, tinha 74 anos – Foto: Reprodução

No mesmo quarto também dormia um idoso de mais de 100 anos de idade, mas por conta da idade avançada, ele não percebeu o crime por que estava dormindo.

A direção da instituição informou que no momento do crime, duas funcionários estavam no local em um outro quarto, em regime de plantão, mas que nenhum barulho foi ouvido durante o fato.

José Edson foi preso em flagrante e levado para a Central de Polícia Civil.

O asilo é privado e atualmente atende cerca de 20 idosos.

Fonte: Blog do Márcio Rangel)

Load More Related Articles
.