COVID-19: Morre o ex-deputado Simão Almeida

O ex-deputado Simão Almeida, de 77 anos, que estava internado e intubado na UTI do Hospital da Unimed, em João Pessoa, devido ao contágio pelo novo coronavírus,  faleceu na manhã desta quarta-feira, 29.12.  Por causa do agravamento do quadro, que incluiu a realização de hemodiálise, a esposa e os filhos do político, alguns residentes em outros estados, foram chamados pelos médicos na terça-feira, e hoje ele não resistiu.

Simão elegeu-se deputado estadual em 1990 com 4.538 votos. Durante a ditadura militar, por causa de sua filiação e militância no PCdoB, viveu durante 11 anos na clandestinidade na região do Araguaia, de onde saiu com a anistia política. “Tive muita sorte de não ter sido preso”, disse ele em depoimento à Comissão da Verdade. Bem humorado, acrescentou que nunca pegou em armas, a não ser um estilingue para matar passarinhos em Boa Vista, interior da Paraíba.

Atual presidente da Junta Comercial do Estado (Jucep), Simão havia tomado duas doses da vacina contra a Covid-19, mas mesmo assim desenvolveu sintomas da doença. Ele tem problemas respiratórios decorrentes de um histórico de fumante.

No Facebook, o escritor Waldir Porfírio tinha registrado a piora no quadro de saúde do amigo.

( Parlamento PB)

Load More Related Articles
.