Covid-19: Procon de Campina Grande e Sejel promovem operação conjunta em feiras, bares e áreas de lazer neste domingo

Fiscalização aconteceu também na noite desse sábado em bares da cidade

 

O Procon de Campina Grande e a Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel) promoveram uma operação de fiscalização, orientação e prevenção contra a disseminação da covid-19 na manhã desta domingo, 23, em campos de futebol amador e bares da cidade. Na oportunidade foram prestadas orientações sobre a importância do distanciamento social, distribuição de máscaras e da higienização das áreas.

A operação recebeu reforços dos agentes da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e do Gabinete do Prefeito, além das equipes do Procon-CG e Sejel.

“Nesta manhã, o trabalho também incluiu uma ação da Feira da Prata, onde há grande fluxo de pessoas”, ressaltou o coordenador do Procon Municipal, Saulo Muniz. Ele disse que, em todos os locais visitados nesta manhã de domingo, houve distribuição de máscaras e higienização das mãos com álcool em gel.

Segundo o secretário de Esporte, Juventude e Lazer de Campina Grande, Cledson Rodrigues (Dinho), a ação deste domingo teve um balanço bastante positivo entre as fiscalizações que estão sendo constantemente desenvolvidas no município, tendo em vista que quase não foram encontrados eventos esportivos em andamento.

“Eles foram receptivos e entenderam a necessidade de parar com as atividades, devido ao momento de pandemia que estamos vivendo”, ressaltou Dinho. Ele acrescentou que os eventos esportivos, que estavam sendo realizados neste domingo, foram encerrados pela operação de fiscalização da Prefeitura de Campina Grande.

Bares e restaurantes

E na noite deste sábado, 22, o Procon de Campina Grande participou de mais uma força tarefa da Prefeitura para verificar se os protocolos de prevenção à pela covid-19 estão sendo cumpridos no município, principalmente, em bares e restaurantes da cidade.

“Mais de 40 estabelecimentos foram visitados. Houve um trabalho de orientação, prevenção e algumas dispersões”, informou o coordenador Saulo Muniz.

A operação de fiscalização contou com agentes da Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa), Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Guarda Civil Municipal, 2º Batalhão de Bombeiro Militar, 2ª Companhia de Polícia Ambiental, 10° Batalhão de Polícia Militar, além de integrantes do Procon Municipal, inclusive do coordenador do órgão, Saulo Muniz.

Ocorrências

Durante a ação da noite deste sábado não foram registradas ocorrências de destaque. A finalidade era orientar a população com relação ao cumprimento do decreto municipal 4.584/2021, cujo “descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência”.

Das 46 visitas realizadas pelas equipes, apenas em duas abordagens os responsáveis foram orientados, por exemplo, a retirar mesas da calçada, além de pedir para que as pessoas fossem para suas casas. Não houve a notificação.

Segundo Saulo Muniz, a maior preocupação da Prefeitura de Campina Grande é de reduzir, ao máximo, o ritmo de transmissão do novo coronavírus, conscientizando os donos de bares e restaurantes sobre a corresponsabilidade de cada um deles quanto ao cumprimento dos protocolos sanitários, tanto por eles próprios quanto pelos clientes. “Esperamos contar com o apoio da sociedade, denunciando pelos canais de comunicação”, lembrou o coordenador.

As denúncias sobre desrespeito ao decreto municipal podem ser feitas pelos números 151, 0800 095 5126, (83) 9.8185.8168, (83) 9.8186.3609, além das redes sociais (inbox do Instagram) do Procon-CG (@procondecampina).

Codecom

Load More Related Articles
.