Com disparada dos combustíveis, faltam pipeiros para abastecer 12 cidades da Paraíba; veja lista

Preço médio do litro do diesel comum, em Campina Grande, passou de R$ 4,417 para R$ 4,497.

Os recentes aumentos no preço dos combustíveis têm provocado aperto no bolso das famílias brasileiras. Não há como ficar imune a esses efeitos. Mas na Paraíba essas elevações têm ameaçado, até mesmo, o abastecimento de populações que sofrem com os efeitos da seca.

Em pelo menos 12 cidades, cobertas pelo 15º Batalhão de Infantaria Motorizado, faltam pipeiros para o trabalho de distribuição de água na Operação Pipa.

Eles não querem mais rodar em razão dos custos elevados com o combustível. Em Campina Grande, por exemplo, nós poderemos nos deparar com essa situação também e isso é preocupante”, comenta o coordenador da Defesa Civil de Campina Grande, Ruiter Sansão.

O preço médio do litro do diesel comum, em Campina Grande, passou de R$ 4,417 para R$ 4,497.

Veja também  Projeto da BR-230 une, na mesma mesa, gregos e troianos da política paraibana

O levantamento feito pelo Exército, ao qual o Blog teve acesso, mostra que há vagas não preenchidas nos municípios de Araruna, Areial, Cacimbas, Curral Velho, Desterro, Emas, Esperança, Mãe D’Água, Montadas, Piancó, Salgadinho, Santa Terezinha e São Sebastião de Lagoa de Roça.

No total, são 28 vagas esperando inscrições para a Operação Pipa.

Load More Related Articles
.