CidadesDestaques

Campina Grande convoca 7 médicos para atuação em emergências pediátricas

Convocados foram selecionados em processo seletivo simplificado.

A Prefeitura de Campina Grande convocou sete médicos para atuarem em emergências pediátricas nos serviços médicos hospitalares municipais. Os médicos foram aprovados no edital 001/2023 de processo seletivo simplificado da Secretaria Municipal de Saúde. Os profissionais devem se apresentar ao setor de Recursos Humanos da Secretaria.

Os documentos necessários são Carteira de Identidade; Carteira do Conselho de Classe e Certidão de Quitação; CPF; Título Eleitoral + certidão de quitação eleitoral; Carteira de Reservista, se do sexo masculino; Diploma de graduação em medicina; Certificado de Curso / Qualificação Profissional; CTPS; PIS/PASEP; Cartão ou formulário de abertura da conta Bradesco; Atestado admissional de saúde e Declaração de acúmulo de cargo público.

As convocações foram publicadas no Semanário Oficial e no link: https://campinagrande.pb.gov.br/edital-no-001-2023-pmcg-sms-processo-seletivo-simplificado/. A jornada de trabalho é de 24 horas semanais e o salário é de R$ 121,80 por hora de trabalho.

“Esse formato dá flexibilidade aos médicos, que podem optar por jornadas de plantões e ter mais autonomia nas suas outras atividades. Além disso, essa é a jornada mínima, podendo ser maior, o que torna a questão salarial mais atrativa”, disse o secretário de Saúde, o médico Gilney Porto( foto)

A cidade entrou em decréscimo nos atendimentos infantis, o que demonstra que a pior fase dos casos de adoecimento de crianças e adolescentes já foi superado. Em abril deste ano o Hospital da Criança e do Adolescente atendeu 6.543 crianças. Em junho, foram 3.886.

A Secretaria Municipal de Saúde vem ampliando a rede de atendimento. Além do Hospital da Criança e do Adolescente, a pasta abriu pronto atendimento no Hospital Municipal Pedro I, no Hospital Municipal Dr. Edgley e no Centro de Saúde Francisco Pinto.

Codecom



Botão Voltar ao topo