DestaquesPolítica

Câmara entrega título de cidadania campinense ao presidente do Tribunal de Contas do Estado

Atendendo a uma iniciativa do vereador Marinaldo Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, subscrita por todos os demais integrantes da Casa, ocorreu a entrega nesta quarta-feira, 29, durante uma solenidade ocorrida no turno da tarde, do título de cidadania campinense ao conselheiro e presidente do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Nominando Diniz Filho.

Em pronunciamento na tribuna, Marinaldo falou sobre a trajetória do homenageado, que é médico “de notável carreira”, e teve uma importante carreira na política, sendo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, chegando, posteriormente, ao Tribunal de Contas do Estado.

“Uma liderança nata, uma figura humilde, alguém que sempre demonstrou profundo zelo pela governança dos recursos públicos. Trata-se de um exemplo a ser seguido, uma trajetória que nos inspira. Por todas estas razões e com grande satisfação, a Câmara lhe concede o título de cidadania campinense”, frisou Marinaldo.

Dentre todas as autoridades que participaram da solenidade, como técnicos do TCE, vereadores e convidados, o prefeito Bruno Cunha Lima esteve presente e, em seu pronunciamento, elogiou a história de Nominando Diniz, o que também foi feito pelo deputado federal Romero Rodrigues e do presidente Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, que não puderam comparecer por estarem em viagem.

Além dos vereadores, discursaram os ex-deputados Carlos Dunga, Robson Dutra e Fábio Nogueira, este também conselheiro do TCE/PB, também presente o conselheiro do tribunal Fernando Catão. Em seu pronunciamento, Nominando falou sobre seus laços históricos com Campina Grande e da emoção de receber a homenagem.

“A partir de hoje serei campinense, ou campinagrandense, de coração, porque é uma honra filho desta cidade. Ainda mais por adoção, porque para isso é preciso ter história. Quando os vereadores, legítimos representantes do povo da cidade, decidem prestar essa homenagem, é um reconhecimento. Muito obrigado”, concluiu.

Botão Voltar ao topo