Câmara de Campina Grande rejeita projeto que reduzia mandato de presidente

Com 14 votos contrários e uma abstenção do líder do Governo, vereador Alexandre do Sindicato (PSD), a Câmara de vereadores de Campina Grande decidiu rejeitar um projeto de resolução que reduzia os atuais mandatos dos integrantes da Mesa Diretora. A proposta tornava os mandatos anuais, acabando com os biênios.

Com isso, o atual presidente, vereador Marinaldo Cardoso (Republicanos), deverá permanecer no cargo até o fim do próximo ano. Depois dele, quem assumirá o comando da ‘Casa’ será o vereador Sargento Neto (PSD).

Marinaldo foi eleito no início deste ano. Na época ele se comprometeu em colocar o projeto em pauta, para definir se os mandatos seriam de um ou dois anos.

Nos bastidores havia a expectativa de que, se a alteração fosse feita, a vereadora Eva Gouveia (PSD) assumiria a presidência no próximo ano.

Durante a sessão, a vereadora Ivonete Ludgério (PSD) disse que judicializaria a questão, caso a resolução fosse aprovada.

Sentado na Presidência, Marinaldo manteve o apoio da maioria da ‘Casa’. Ele seguirá no comando até, pelo menos, o fim de 2022.

( JORNAL DA PARAIBA-PLENO PODER)
Load More Related Articles
.