Câmara de Campina Grande, após iniciativa da vereadora Carol Gomes, vai discutir luta antimanicomial em sessão especial

 

O mês de maio é marcado pela Luta Antimanicomial, e o dia 18 foi instituído como o dia desta causa no Brasil em homenagem à luta dos profissionais de saúde, usuários e familiares por um tratamento mais humanizado no sistema de saúde mental.
Pensando nisso, por meio da iniciativa da vereadora Carol Gomes (Pros),((foto),  a Câmara Municipal de Campina Grande, Casa de Félix Araújo, promoverá na próxima terça-feira (18), uma sessão especial para debater assuntos relacionados à temática.
Um movimento importante para a defesa de tratamentos justos e dignos para pessoas com problemas de saúde mental, que defende a valorização do fator humano e a importância da dignidade. A luta vai contra ao modelo hospitalocêntrico, que possuía práticas assistenciais que violentavam e centralizava o cuidado em instituições produtoras de exclusão social.
Com o principal objetivo de acabar com os manicômios, a reforma psiquiátrica no Brasil tinha o intuito de substituir de forma progressiva o tratamento por serviços inclusivos. Sendo assim, o paciente com problemas mentais seria estimulado a um exercício de cidadania, visando fortalecer os laços familiares e sociais.
A previsão é de que a sessão especial, que acontecerá de forma híbrida e terá transmissão pelas mídias sociais da casa legislativa, comece por volta das 10h. Estarão presentes no debate representantes de entidades municipais de saúde, profissionais da psicologia e residentes de casas terapêuticas.

(ASCOM)

Load More Related Articles
.