DestaquesNotícias

Bruno lança Recicla São João e assina contrato de catadores, garantindo emprego e renda extra para 40 famílias durante os 31 dias d’O Maior São João do Mundo

O prefeito Bruno Cunha Lima lançou na manhã desta sexta-feira, 10, na Pirâmide do Parque do Povo, o projeto Recicla São João 2022, que vai proporcionar a inserção socioeconômica de 40 catadores que fazem parte das cooperativas e associações de materiais reutilizáveis e recicláveis instaladas no Município. O projeto do governo municipal é coordenado pela Secretaria de Serviços Urbanos de Meio Ambiente (Sesuma). Na ocasião, o prefeito assinou os contratos de prestação de serviço dos catadores que farão a coleta seletiva durante os festejos juninos.

As cooperativas de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis de Campina Grande (Catamais), Cooperativa de Trabalhadores de Materiais Recicláveis (Cotramare), Associação de Catadores de Materiais Recicláveis da Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Arensa) e o Centro de Arte em Vidros (Cavi), tendo como representante a Cooperativa Catamais, há anos participam desta parceria com a Sesuma. Todas as atividades dos catadores são acompanhadas pelo Ministério Público do Trabalho.

Segundo o prefeito, o serviço de coleta seletiva do Projeto Recicla São João será realizado no Parque do Povo e no Distrito de Galante. Serão 40 colaboradores, divididos em oito equipes. Um ponto de apoio desses trabalhadores ficará ao lado da Pirâmide do Parque do Povo e, como nos anos anteriores, haverá o reforço de um caminhão e caçamba para transportar o material até o galpão, localizado no bairro Três Irmãs.

Ele também destacou que este esforço só é possível graças ao apoio de importantes parceiros, a exemplo do Ministério Público do Trabalho, associações e cooperativas de catadores. Tal política, conforme lembrou o prefeito, se efetiva em outras ações e áreas de trabalho, numa integração com os setores da administração municipal, ressaltando a sua disposição em novas e futuras parcerias.

Após o seu pronunciamento, ao lado de outras autoridades municipais, o prefeito Bruno Cunha Lima visitou o ponto de apoio instalado no Parque do Povo. Ele cumprimentou todos os trabalhadores envolvidos nesta iniciativa, ressaltando que o esforço de cada um vai garantir a realização de uma festa bonita, limpa e agradável para todos os milhares de turistas que visitarão Campina Grande ao longo do período de 10 de junho a 10 de julho.

Por sua vez, o secretário municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Geraldo Nobre, explicou que o Recicla São João é um projeto pioneiro, uma referência nacional, que é modelo por garantir emprego e renda durante um período de 30 dias. Cada trabalhador e cooperado receberá um salário mínimo pelos 30 dias de atividade e a Prefeitura de Campina Grande forneceu material de trabalho, equipamentos de segurança, acomodação dentro do Parque do Povo e toda a assistência necessária.

Os primeiros kits de trabalho também foram entregues na manhã desta sexta-feira, pelo prefeito Bruno Cunha Lima e pelas autoridades presentes, aos trabalhadores que se empenharão em limpar a principal área de lazer da cidade e combater quaisquer impactos ambientais negativos.

Já o procurador do Ministério Público do Trabalho, Raulino Maracajá, destacou a importância da parceria com a Prefeitura para que catadores e catadoras de materiais recicláveis passem a realizar o serviço de coleta seletiva, em tempo real, durante os festejos juninos. Ele disse que a ação é positiva, tanto no aspecto socioeconômico quanto no ambiental, contribuindo diretamente para o desenvolvimento de ações ambientalmente sustentáveis de grande importância para este município.

O Recicla São João, conforme a coordenadora do Programa, engenheira Rafaela Oliveira, visa garantir a destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos recicláveis gerados durante O Maior São João do Mundo. O programa também consegue efetivar a sustentabilidade do evento, fomentar a adoção de novas práticas; promover a inclusão social e econômica de catadores e catadoras de materiais recicláveis; além de combater o trabalho infantil e contribuir para o alcance das diretrizes e metas estabelecidas no Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos.

Reconhecimento

Também fez um pronunciamento a senhora Maria de Lourdes, da Cooperativa Catamais, que agradeceu, em nome dos catadores, por mais um ano do projeto. “Registramos, de forma especial, a nossa gratidão ao prefeito Bruno Cunha Lima, que reconhece a importância do nosso trabalho e repete este projeto tão importante para a nossa cidade”, afirmou. Ainda se pronunciou a senhora Dalvanira Melo da Silva, que, além de expressar a sua gratidão, cantou músicas voltadas à conscientização ecológica e de estímulo em favor da limpeza pública.

Presenças

Marcaram presença à solenidade representantes de associações e cooperativas de catadores da cidade; os vereadores Aldo Cabral, Carol Gomes, Rui da Ceasa, Janduy Ferreira e Sargento Neto; procurador Raulino Maracajá (MP do Trabalho); secretários Geraldo Nobre (Sesuma), Vanildo Araújo (Sejel), Gilney Porto (Saúde), Félix Neto (Planejamento), Carlos Dunga (STTP), Gilbran Asfora (Gabinete), Raymundo Asfora (Educação), Giseli Sampaio (Cultura), Márcio Melo (Urbema), Marcos Alfredo (Codecom) e Roberto Santa Cruz (assessor especial).

Codecom

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo