DestaquesParaíba

Bruno lança projeto Escuta Campina com entrega de próteses auditivas para estudantes

Na solenidade também foram entregues 75 óculos do programa Olhar Campina.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, lançou na tarde desta terça-feira, 24, o projeto Escuta Campina, que consiste no acompanhamento, assistência e tratamento para os estudantes da Rede Municipal de Ensino com deficiência auditiva. Na ocasião, foram entregues 10 próteses auditivas para os alunos, que vão auxiliar as crianças em sala de aula e nas suas vidas cotidianas.

O projeto é um trabalho intersetorial entre as Secretarias de Saúde e de Educação, com cooperação técnica da Clínica Otorrinos Santa Clara. Os técnicos estão mapeando os alunos com problemas de audição e confeccionando as próteses. Até o momento, 17 estudantes foram diagnosticados em 12 escolas municipais.

O objetivo é, principalmente, melhorar o rendimento escolar do alunado e promover bem-estar, além de favorecer a inclusão. O projeto está em conformidade com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC).

Na solenidade, também foram entregues 75 óculos do programa Olhar Campina, que visa reduzir as taxas de evasão e reprovação escolar das crianças com deficiência visual. No total, mais de 2 mil pares de óculos já foram entregues a alunos da rede, principalmente a estudantes de escolas com baixo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

O Escuta Campina se junta ao Olhar Campina formando um grande programa de assistência a crianças com deficiência da Rede Municipal de Ensino. “Uma criança durante a fase de alfabetização, durante o aprendizado, se ele não estiver enxergando, se não tiver escutando, como podemos exigir que esta criança aprenda qualquer coisa? Com essas medidas, damos condições a essas crianças de terem educação de fato. A linha de partida é diferente para cada um e estamos promovendo igualdade e equidade, pois cada pessoa importa para nós”, disse o prefeito.

O prefeito destacou que o número de crianças com deficiência matriculadas na Rede Municipal de Ensino saltou de 1.200 para 3.385, dentre os mais de 40 mil alunos. “Podemos dizer que os nossos alunos agora estão vestidos dos pés à cabeça, com calçado, fardamento, material, óculos e, agora, prótese auditiva”, disse o secretário de Educação, Raymundo Asfora Neto.

Também estiveram na solenidade o secretário de Saúde, Carlos Dunga Júnior; os vereadores Fabiana Gomes e Alexandre Pereira; a primeira-dama, Juliana Figueiredo Cunha Lima; gestores escolares, estudantes da Rede Municipal de Ensino e dezenas de auxiliares e técnicos que contribuem para os projetos.

Codecom



Botão Voltar ao topo