DestaquesPolítica

Bruno confirma que contemplará Veneziano em gestão: ‘não me fez exigência’

O prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) confirmou, nesta segunda-feira (26), que vai contemplar indicados do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) na gestão municipal de Campina Grande, em reforma administrativa, mas ponderou que o novo aliado não lhe fez nenhuma exigência.

Em entrevista ao programa Frente a Frente, de TV Arapuan, o gestor campinense considerou natural a composição administrativa, já que, segundo ele, o parlamentar tem contribuído com a gestão municipal intermediando recursos junto ao Governo Federal.

Questionado sobre uma suposta lista vazada com nomes de supostos indicados, o gestor descartou as especulações, embora tenha confirmado as futuras mudanças na gestão. “Não houve nenhuma exigência de Veneziano. Ele tem dado a contribuição dele. É público que não tenho um alinhamento com o Governo Federal, e ele tem se proposto a fazer essa conexão”, explicou.

O prefeito reforçou que a parceria, a princípio, não tem viés político, mas confirmou que os entendimentos partidários para 2024 e para 2026 também estão acontecendo. “Veneziano nunca me fez nenhuma exigência, assim como Romero nunca me fez. A lógica é somar com quem quer contribuir, e ele tem dado a sua contribuição. Nada mais normal do que ele faça parte da gestão”, reforçou.

Ainda durante a entrevista, o prefeito voltou a desmentir estremecimentos com o deputado federal Romero Rodrigues (PSC), seu aliado, atribuindo possíveis desavenças a “fofocas” ou especulações. Ele teceu elogios ao ex-prefeito Romero, ao ex-deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) e também ao senador Efraim Filho (União), reforçando que deseja manter a parceria política com eles para próximas eleições. “Todos sabem da relação harmoniosa, respeitosa e parceria que tenho com cada aliado”, finalizou.

( Agenda politica)



Botão Voltar ao topo