Bruno comemora números do Caged, que apontam criação de mais de seis mil postos de trabalho, em 2021

Com participação direta da Prefeitura, Campina Grande lidera ranking de empregabilidade entre as maiores cidades do interior do Nordeste

A nova atualização do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgada pelo Ministério da Economia, reafirmou a rápida recuperação econômica de Campina Grande, após o período nebuloso causado pela pandemia de covid-19. Passado o momento mais crítico e com participação decisiva da Prefeitura, que enfrentou a pandemia sem relegar a economia, os diversos setores da economia produtiva comemoram os bons resultados acumulados ao longo do ano e que resultaram na criação de 6.184 novos postos de trabalho formais, entre os meses de janeiro e setembro de 2021.

Os números por si só já seriam impressionantes. No entanto, o Caged também aponta que este é o melhor saldo, quando comparado a cidades do mesmo porte. Vitória da Conquista – BA (5.446), Juazeiro do Norte – CE (4.985), Mossoró – RN (4.211), Caruaru – PE (4.017), e Arapiraca – AL (2.425).

O prefeito Bruno Cunha Lima analisou os dados da empregabilidade e destacou que os bons resultados são importantes para atrair novos empreendimentos para o município e, consequentemente, para que os índices continuem em crescimento. “Quando analisamos os números, percebemos que estamos em constante evolução no que se refere à oferta de empregos, em todos os setores da economia produtiva. Isso é importante para atrair novos empreendimentos e, como consequência, continuar em crescimento”, pontuou Bruno.

Contratação por setor da economia

O Comércio, um dos setores mais impactados pela pandemia, fechou ao longo do ano passado, 734 postos de trabalho com carteira assinada. Já em 2021, aparece como o segundo setor que mais contratou, com 1.015 contratações, ficando atrás somente do setor de Serviços, que abriu 3.480 novas vagas. A Construção Civil, que também sofreu forte impacto em 2020, abriu 820 novas vagas no período correspondente à análise; e a Indústria obteve saldo de 875 novas oportunidades.

A secretária Rosália Lucas comemorou os resultados do Caged e reforçou o interesse de grandes empresas se instalarem na cidade. E lembrou a participação decisiva da Prefeitura, para que esse resultado fosse alcançado. “A gestão do prefeito Bruno Cunha Lima teve sempre uma postura muito firme, durante toda a pandemia, no que se refere ao cumprimento das normas sanitárias. Porém, com ações que permitiram a economia continuar produzindo. Esses números são motivo de muita alegria para nós”, disse Rosália.
No último mês de setembro, Campina Grande atingiu a marca de 99.058 trabalhadores com carteira assinada frente, aos 88.117 existentes no mesmo período do ano passado. Quando considerado o último trimestre de 2020 e o acumulado dos nove meses de 2021, a cidade apresentou o saldo de 10.941 novos postos de trabalho formais.

 

(Codecom)

Load More Related Articles
.