BARRA DE SANTANA: Justiça considera improcedente acusações de crime eleitores dos opositores da prefeita Cacilda Andrade

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral ajuizada por Vital de Farias de Arruda Filho , contra  Cacilda Farias de Lopes de Andrade e José Otávio Barbosa (Candidatos eleitos para o cargo de Prefeita e Vice-Prefeito) pelo Partido Social Democrático – PSD, teve fim nesta quinta-feira (17/06), onde foi julgada TOTALMENTE IMPROCEDENTE, dada a ausência de comprovação dos fatos acusados.

A Prefeita Cacilda Andrade, o Vice Carlinhos de Genésio, celebram essa decisão, e afirmam ter e estarem de cabeça erguida durante todo o curso do processo, por entender que em nenhum momento foi realizado qualquer ato ilícito que viesse a comprometer o resultado eleitoral e resultar em perca de mandato.

A militância comemorou nas redes sociais e celebra mais essa vitória do grupo político na Justiça. Vale lembrar que a Prefeita Cacilda Andrade (PSD), foi reeleita no último pleito com 2.627, conforme vontade do povo, o que deixou o grupo opositor ainda mais fragilizado e inconformado.

Cacilda Andrade, ao tomar ciência da sentença  a seu favor, disse que nunca teve dúvida de que a Justiça iria  decidir pela improcedência ” pois fizemos uma campanha limpa, com propostas e mostrando trabalho, enquanto a oposição se preocupou apenas em caluniar, e perderam no voto e no tapetão”.

 

Load More Related Articles
.