Após reunião, João e Cícero anunciam suspensão de atividades religiosas, fechamento da orla e toque de recolher em JP

O governador João Azevêdo (Cidadania) e o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas)  se reuniram na manhã desta segunda-feira (22), para definirem medidas restritivas, conjuntas, de combate à disseminação da Covid-19.

Ficou definido que será editado um decreto, nesta terça-feira (23), com as medidas restritivas. Nem o governador nem o prefeito antecipou as medidas restritivas, de forma oficial, mas Cícero reafirmou o toque de recolher na capital a partir das 22h e a redução do funcionamento do comércio.

Já João Azevêdo também sinalizou para fechamento de bares e restaurantes, o fechamento do acesso à orla de João Pessoa,  além de escolas e igrejas durante 15 dias. As aulas presencias nas escolas públicas estaduais foram suspensas, de acordo com o governador.   Os detalhes da decisão serão divulgados no decreto.

“Esse decreto vai permitir que durante 15 dias tenhamos a redução da mobilidade urbana e humana em determinados locais. Queremos que a contaminação sejam reduzidas e teremos reflexos nas semanas posteriores. Queremos associar medidas restritivas e medidas de aplicai de leitos e enfermarias para que a gente possa baixar o jumentos de contaminação. Entretanto, se não baixar, devemos tomar medidas mais restritivas”, disse o governador.

Load More Related Articles
.