DestaquesNotícias

Aesa divulga previsão climática para início de 2024 na Paraíba

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) divulgou a previsão climática para os três primeiros meses de 2024 na Paraíba. Estes dados são importantes por ser este o período mais chuvoso nas regiões do Sertão e Cariri do Estado.

De acordo com a previsão, mesmo com a operação do fenômeno El Niño, as atuais condições oceânicas e atmosféricas globais indicam a tendência de ocorrência de chuvas dentro da normalidade no semiárido paraibano (regiões do Alto Sertão, Sertão e parte do Cariri/Curimataú), entre os meses de janeiro e março de 2024.

“Deve-se relevar que, a condição de normalidade está intrínseca à irregularidade das chuvas, que é característico da região semiárida”, acrescenta a nota.

O que diz a previsão para cada mês:

Janeiro

Maior variabilidade das chuvas com prováveis eventos significativos devido aos tipos de sistemas meteorológicos atuantes, os quais ocorrem de forma transiente, principalmente pela atuação de Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN) sobre o Nordeste do Brasil. De acordo com as condições oceânicas e atmosféricas globais em conjunto com os resultados dos modelos de previsão climática, a tendência é que as chuvas deverão ocorrer com valores dentro da faixa de normalidade.

Fevereiro

A Zona de Convergência Intertropical representa o principal sistema meteorológico indutor de chuvas, para as regiões do Alto Sertão, Sertão e Cariri/Curimataú. A tendência, é que as chuvas deverão ocorrer com certa irregularidade, mas, com valores dentro da faixa de normalidade. Vale salientar, que essa condição de normalidade poderá implicar nos registros de chuvas mais significativas em uma determinada área do que outras.

Março

É considerado o mês mais chuvoso da Quadra1, quadrimestre mais chuvoso de fevereiro a maio, nas regiões do Alto Sertão, Sertão e Cariri/Curimataú. Será a fase final do fenômeno El Niño, e melhoria das condições do Atlântico Tropical, a tendência é de que as chuvas deverão se comportar também próximo a normalidade, podendo ter alta variabilidade na magnitude dos totais em virtude da alta climatologia do mês.

PREVISÃO AESA 2024

( blog do Max Silva)



Botão Voltar ao topo