DestaquesPolicial

Polícia elucida assassinato de assistente social da cidade de Assunção



A Polícia Civil da Paraíba prendeu dois homens suspeitos pela morte da assistente social Jaidete de Oliveira Correia, de 38 anos, na cidade de Assunção, na Paraíba. A informação foi confirmada pela polícia na manhã desta quarta-feira (20). A vítima foi alvo de um disparo por arma de fogo na cabeça no dia 23 de outubro. Provavelmente crime passional.

De acordo com a delegada Mairam Moura, há duas outras pessoas na mira das investigações. Ainda hoje, às 14h, a polícia realizará uma entrevista coletiva para descrever o trabalho de apuração dos fatos. O crime ocorreu dentro de uma clínica de depilação que a mulher mantinha na cidade de Assunção.

Conforme a Polícia Militar, o crime foi praticado por homens que chegaram na casa da mãe de Jaidete se passando por técnicos de internet. Eles pediram para a jovem abrir a porta e logo após, efetuaram os disparos. A vítima foi socorrida por equipes médicas da Prefeitura de Assunção e do SAMU de Juazeirinho e encaminhada para o Hospital de Trauma de Campina Grande, no entanto, acabou não resistindo aos ferimentos e faleceu.

Jaidete era assistente social e trabalhava como mediadora e conciliadora judicial no fórum da Comarca de Taperoá, onde reside atualmente. Semanalmente, ela ia para Assunção – onde mora seus pais – para atender clientes, já que a jovem também era depiladora.

( blog do Márcio Rangel)

Botão Voltar ao topo